5 dicas para uma alimentação infantil saudável

 As mamães “piram” para conseguir manter a alimentação das crianças saudável e com nutrientes suficientes em quantidade e qualidade para contribuir com uma boa saúde e crescimento. É durante a infância que temos mais chances de experimentar as coisas novas e isso ajuda a tornar saudáveis alguns hábitos diários. Na alimentação não é diferente, pois quanto mais cedo começarmos a oferecer aos pequenos uma variedade de alimentos saudáveis, mais cedo teremos um resultado bem mais expressivo. Nessa hora, o bom exemplo conta muito e compartilhar bons hábitos alimentares entre toda a família ajudará a criança a se tornar um adulto com um paladar rico e variado.

ALIMENTACAO-INFANTIL

Alimentação Infantil Saudável

Dicas para uma alimentação infantil saudável

1 – Mantenha uma alimentação variada, utilize nas refeições itens de todos os grupos alimentares. Você pode deixar a refeição bem colorida, pois dessa forma atrairá a atenção da criança;

2 – É de muita importância para as crianças o consumo das principais vitaminas e minerais. Aqui em casa eu adiciono no leite um pó para preparo de bebida como complemento, o Sustain Junior da Danone sabor chocolate, pois ele tem as principais vitaminas e minerais e o menor teor de açúcares quando comparado com os similares* e representa uma escolha interessante para crianças a partir dos 3 anos. Não substitui as refeições, mas é uma ótima opção que pode ser servido na hora do lanche;

3 – Outra dica que têm funcionado bem por aqui é apresentar os alimentos separados no prato de forma criativa, formando imagens  e personagens que as crianças gostam;

4 – Crianças preferem outros líquidos ao consumo de água, por isso é algo que deve ser muito incentivado. Aqui em casa as meninas têm garrafinhas que deixo sempre cheias de água e por perto;

5 – O incentivo ao consumo de todos os tipos de frutas e legumes é essencial. Não devemos esquecer de oferecer frutas com cascas, que contém uma quantidade enorme de nutrientes, frutas em forma de sucos ou vitaminas.

Nas saladas, podemos incluir legumes crus como a beterraba, cenoura, alface e pepino.

Como vai a alimentação do seu filho?

 

*  Comparado à média de produtos de mesma categoria de mercado. Março/2016.

** Publipost

 


Comentários
2
Compartilhe este post
Pin It

Iniciando a introdução alimentar

Olá mamães, hoje o assunto será sobre introdução alimentar, na vida do bebê o que costuma acontecer por volta de 06 meses de idade.

Quando iniciei a introdução alimentar com a Gabi, confesso que não foi nada fácil, fazia tudo com muito capricho e ela não comia nem duas colheradas, mais continuei tentando e ela foi acostumando e mostrando do que mais ela gostava, e isso foi me ajudando a fazer as papinhas.

INTRODUCAO-ALIMENTAR

Iniciando a introdução alimentar

Nessa jornada nada melhor do que usar produtos indicados e de qualidade, para dar inicio a introdução alimentar. Uma dica muito boa que encontrei foi o kit da Momma pois ele é divertido e estimulante para o bebê durante o importante período de introdução alimentar.

Os produtos da Momma estimula o desenvolvimento do bebê, pois seus garfos e colheres são macios e não prejudica o desenvolvimento dos dentes e da arcada do bebê, o prato térmico possui câmara de água que mantém a refeição morna ou fria, o que é uma mão na roda, como é uma descoberta para os pequenos, acabamos levamos muito tempo tentando alimentar o bebê, então com esse prato a comida não fica fria.

Os produtos são livre de Bisfenol A (BPA Free), utilizado na fabricação de alguns produtos como mamadeiras e aqui no Brasil é proibido pela Anvisa saiba mais sobre lendo o artigo.

O kit da Momma pode ser lavado na máquina de louça, e indicado a partir dos 6 meses

Algumas papinhas que utilizei na introdução alimentar:

Como fazer as papinhas?

Papa de banana•

1 banana

Descasque a fruta e amasse com um garfo. Sirva com uma colher de plástico ou silicone.

  • bananas-maçãs tendem a prender o intestino, sendo recomendadas para o caso de diarreia e enquanto as nanicas soltam, sendo usadas para combater a prisão de ventre.

 

Papa de mamão

Meio mamão-papaia

Lave bem a casca e depois corte o mamão na metade. Retire com uma colher as sementes pretas e só use a polpa. Amasse e dê com uma colher pequena de plástico ou silicone.

Papa de caldo de carne com abóbora, mandioquinha (ou batata) e cenoura

100 gramas de carne bovina magra, como coxão duro ou músculo

1 fatia de abóbora

1 mandioquinha

1 cenoura

água filtrada

Corte a carne em pedaços e refogue em uma panela com um pouco de óleo vegetal. Quando começar a ficar corada, acrescente a abóbora, a mandioquinha e a cenoura descascadas e grosseiramente cortadas e uma pitada de sal, se desejar. Cubra tudo com água filtrada, tampe a panela e cozinhe em fogo baixo até que os legumes estejam moles (a abóbora pode levar mais tempo que a cenoura). Separe a carne e amasse o resto com um garfo ou passe pela peneira.

Papa de caldo de frango com abobrinha, batata e cenoura

100 gramas de peito ou coxa de frango

1 abobrinha

1 cenoura

1 batata

Água filtrada

Com o frango cortado em cubos, aqueça óleo vegetal em uma panela e refogue até que mude de cor. Acrescente então a abobrinha, a batata e a cenoura descascadas e cortadas e uma pitada de sal, se quiser. Cubra tudo com a água e cozinhe lentamente até os legumes amolecerem. Retire o frango e amasse a mistura restante com um garfo ou passe na peneira.


Comentários
4
Compartilhe este post
Pin It

5 atividades para gastar energia das crianças

Olá mamães! Quem acompanha nosso blog sabe que tenho duas filhas cheias de energia, agitadas e elétricas e, como todos sabem, crianças ativas precisam gastar energia para ficarem tranquilas e calmas. Hoje, vou falar de cinco atividades que tenho feito aqui em casa e que têm funcionado muito bem com elas:

ATIVIDADES

Atividades com Crianças

  1. Música e Dança – além de gastar energia, dançar ao som de uma melodia agradável é uma forma de expressão e de autoconhecimento. Eu aproveito para dançar junto com as meninas!
  2. Brincar de Esconde-esconde – mesmo a casa não sendo tão grande, é incrível como é fértil a imaginação das meninas, que sempre encontram lugares novos e inusitados para se esconder. Aqui em casa a brincadeira flui muito bem.
  3. Fazer Desenhos – os desenhos são sempre bem-vindos aqui em casa e deixam as meninas concentradas por muito tempo, sejam desenhos específicos ou livres.
  4. Pinturas Com Tinta – cartolina, tintas atóxicas diversas (especificas para crianças), pincéis e criatividade fazem a alegria da criançada por aqui. Para evitar que suje o chão, forro o local com um pano velho ou deixo que elas brinquem no quintal, onde é possível lavar o chão posteriormente.
  5. Brincamos de Morto Vivo – essa brincadeira faz com que as meninas brinquem por horas e gastem bastante energia! Para quem não sabe como se brinca, é simples: toda vez que a mamãe falar morto, as crianças devem se agachar e quando ela falar vivo elas devem se levantar. A mamãe deverá ir falando cada vez mais rápido para que as crianças se confundam e quem erra sai da brincadeira até que fique apenas o vencedor, depois a brincadeira recomeça.

O ideal é oferecer um lanchinho nos intervalos das brincadeiras para complementar a alimentação e repor parte da energia perdida. Esse lanchinho pode ser composto de frutas e cereais, além de Sustain Junior.

Aqui em casa, tenho muita dificuldade em fazer com que as meninas comam frutas (elas não gostam muito) e, por isso, tenho usado bastante o Sustain Junior da Danone, que contém vitaminas e minerais que as meninas precisam e possui menos açúcar do que outras opções semelhantes. O legal do Sustain Junior é que ele agrada a Gabi, que ama o sabor morango, e agrada a Isa, que prefere os sabores baunilha e chocolate. Além desses sabores, tem também o vitamina de frutas com zero açúcar.

Nesse post aqui falei sobre formas diferentes de como preparar o Sustain Júnior.

Espero que tenham gostado das dicas e que as crianças aproveitem as atividades!


Comentários
4
Compartilhe este post
Pin It

Como preparo o leite da minha filha

Como preparo o leite da minha filha

Olá mamães, hoje quero contar pra vocês como driblei a falta de vontade de tomar leite da minha caçula.

Nós mamães sabemos a importância e nos preocupamos em manter a alimentação dos nossos pequenos saudável, e sabemos também o que podemos fazer quando os nossos filhos não querem comer nada que julgamos necessário para um bom desenvolvimento.

LEITE

Como preparo o leite da minha filha

Pois é, foram várias tentativas frustradas quando o objetivo era fazer com que a Gabi se alimentasse bem à noite, e essas frustrações geraram muitas preocupações e aflições. Realmente, esse assunto deixa qualquer mãe aflita.

Mas hoje, como eu disse acima, vou dividir com vocês a minha experiência e a maneira divertida e gostosa que tenho usado para solucionar esse problema, dando fim às minhas preocupações.

Recentemente recebi para testar o complemento alimentar Sustain Junior, da Danone, e para minha surpresa os sabores que me deram foram os mesmos sabores do sorvete preferido da Gabi: Baunilha e Chocolate. Assim, a aceitação foi ótima! Além de baunilha e chocolate, o Sustain Junior também está disponível nos sabores morango e vitamina de frutas (esse é zero açúcar). No texto anterior eu conto por que eu escolhi esse complemento alimentar, mas resumindo é porque ele tem as 27 principais vitaminas e minerais (ou seja, quando a pequena se recusa a comer alguma coisa, ele me ajuda!) e tem muito menos açúcar que outras opções que a gente mistura com o leite.

Uma dica de preparo que vale ouro e espero que funcione com vocês também é preparar Sustain Júnior estilo milk-shake, substituindo o leite morno por leite gelado. Aqui em casa funcionou muito bem, e ficou com mais sabor de sorvete. Essa “grande sacada” fez toda a diferença aqui em casa.

Veja como preparo

No liquidificador coloque um copo de 200 ml de leite integral bem geladinho e 03 colheres de sopa cheias de Sustain Junior no sabor desejado, bata por apenas uns segundos e desligue. Prontinho, é só servir!

A Gabi gostou tanto que diz: “Hum, mamãe que delicia esse sorvete”. Ela toma tudo e ainda pede mais.

É tão gratificante a ouvir pedindo para repetir e saber que tem dado certo minha estratégia.


Comentários
10
Compartilhe este post
Pin It