Especialistas afirmam que o parto natural é muito mais saudável

Olá mamães, hoje quero falar de parto, sei que é um assunto polêmico mais me chamou a atenção o número de cesáreas que vem ganhando sobre o parto natural, no Brasil.

O parto natural vem cedendo espaço cada vez maior à cesárea, com dados que preocupam o setor de saúde pública. Não sou contra a nenhuma forma de parto, porém acredito que uma cirurgia nunca foi fácil para ninguém e tem seus próprios riscos, mais as mulheres estão fazendo suas escolhas por uma cesárea.

PARTO

Participação intensa do companheiro

Confesso que sim tive medo da dor, de ficar sozinha, de me abandonarem lá na sala, várias coisas me fizeram ter medo e insegurança e acredito que isso vem ganhando força no mundo de nós mulheres.

Apesar de a contração ser dolorida, a enfermeira obstetra Suzana Montenegro acredita que o medo, o desconhecido, enfraquece a mulher mais do que a dor e lista o bem trazido pelo parto natural: “Vantagens fisiológicas e emocionais, perda sanguínea menor, produção importante de hormônios, recuperação mais rápida, diminuição do risco de infecções, então, ele é mais saudável para mãe e bebê”.

PARTO

Depoimentos

A falta de informação sobre ainda é muita, necessita de mais informações pois nas minhas duas gestações fui induzida a fazer cesáreas o que eu não permitir, há não ser se o bebê corresse risco de vida, mais foi tentador só para não ter que sentir aquela dor.

“A cesárea no Brasil está em torno de 52%, sendo que, no setor público, em torno de 40%; e no privado, algo como 85 ou 90%. Ou seja, está se fazendo muita cesárea no Brasil e a gente precisa ter esse cuidado”, alerta o obstetra José Gaspar. “A mulher precisa ser informada de que a proposta de parto normal é a melhor, isso se faz no mundo inteiro”, assegura.

A obstetra Marilena Pereira observa que há muitos mitos na obstetrícia que fazem as mulheres acreditarem que não podem ter um natural. “A natureza preparou a mulher durante milhares de anos para o parto fisiológico”, estimula.

Fonte: http://goo.gl/drMmxN