Resultados para: parto

♥ Preparativos

Photobucket

Photobucket            Quantas  fraldas
 vou precisar comprar
Tamanho P: Até 5 kg / 1 a 2 meses: a média foi 7, então… 7×30=210×2=420…… Irei acrescentar mais 50 fraldas por causa da variação, as vezes se usa mais e outras menos.


Tamanho M: 5 a 9kg / 3 a 8 meses: a média foi de

 6…6×30=180×6=1080…. Irei arredondar pra 1200.

Tamanho G: 9 a 12kg /  9 a 11 meses: a média  foi de 4… 4×30=120×3=360…


Tamanho EG: 12 a 15kg…. apenas para sair de casa.


fonte:http://blog-maedesegundaviagem.blogspot.com.br/2012/10/quantas-fraldas-descartaveis-vou.html
Photobucket

Lista Maternidade da Mamãe

• Para a mamãe

4 camisolas ou pijamas confortáveis de preferência abertas na frente para facilitar a amamentação;

1 robes confortáveis;

4 sutiãs apropriados para amamentar;

 6 calcinhas pós-parto;

1 roupão de banho;

1 toalhas de banho grandes;

4 toalhas de rosto;

1 chinelo;

1 pacote de absorventes de seio ou gaze protetora do mamilo;

3 pacotes de absorventes higiênicos;

1 necessaire com produtos de higiene pessoal (escova de cabelo, pente para o cabelo e secador para cabelos, escova de dente, creme dental, sabonete, xampu, desodorante e creme hidratante);

kit de maquiagem básica, por exemplo: batom, rímel (já pensou nas primeiras fotos como o bebê?);

1 roupa confortável para saída da maternidade;

saco para roupa suja;

“Orai uns pelos outros”
 (tg. 5:16).


Compartilhe este post
Pin It

Profa.  Ms Gizele Monteiro – Personal Gestante – Exercícios na Gravidez e Pós-parto

É verdade que exercícios na gravidez ajudam no parto?
Os exercícios promovem a melhora da força e da resistência, o que ajudará seu corpo a carregar o peso extra da gravidez e também auxiliará no preparo para o esforço do trabalho de parto. No pós-parto auxilia no retorno do corpo a voltar à forma depois que o bebê nascer.
O exercício tem ainda o benefício de  diminuir ou prevenir os desconfortos físicos, como as dores nas costas, inchaço, fadiga e ajuda a manter seu humor mais estável e a auto-estima e o sono em dia.
Há algum motivo para não me exercitar enquanto estiver grávida? Cuidados!
Algumas mulheres precisam de mais cuidados para fazer exercícios. Converse com seu médico antes de iniciar qualquer atividade se você:
• tem histórico de aborto espontâneo
• teve um bebê prematuro no passado
• sabe que corre risco de um trabalho de parto prematuro nessa gestação
• sabe que sua placenta está baixa
• teve sangramento forte
• teve problemas na coluna lombar ou nas articulações do quadril
• apresenta alguma doença pré-existente
• apresenta quadro de hipertensão
• tem gravidez gemelar
Costumo fazer exercícios físicos de alto impacto. É seguro continuar durante a gravidez?
Se você está liberada por seu médico, está bem de saúde, em ótima forma física e se sente disposta, mantenha sua rotina, é claro com as devidas mudanças (consulte um profissional que entenda de prescrição de exercícios durante a gravidez). De acordo com um estudo da revista científica American Journal of Obstetrics and Gynecology, mulheres ativas e saudáveis que se exercitam antes da gestação podem continuar a fazê-lo durante toda a gravidez sem risco à saúde ou ao desenvolvimento do bebê. Por isso pode continuar, por exemplo, com atividades com impacto como a corrida, porém a mesma deve sofrer mudanças na duração, intensidade, etc. Um bom programa para gestantes toma os devidos cuidados para a saúde da mamãe.
Eu era sedentária e agora quero me exercitar. Quais os cuidados que devo tomar?
Depois de conversar com seu médico e ser liberada, você poderá fazer exercícios de intensidade leve a moderada. Como não está adaptada as atividades devem ser de baixo impacto, como caminhadas, exercícios localizados, de alongamento.
Devo mudar minha rotina de exercícios ao longo dos nove meses de gestação?
Sim! Mesmo que você seja bem ativa antes da gravidez, seu corpo naturalmente terá a tendência de diminuir o ritmo, para acomodar o útero em crescimento. Ocorrerão também alterações posturais e biomecânicas que influenciarão no conforto do exercício. Alguns exercícios também devem ser evitados, como por exemplo, a postura deitada (decúbito dorsal).
Há esportes que não são recomendados para grávidas?
Se você não é atleta profissional, atividades esportivas, como basquete, vôlei e futebol, lutas, esqui, não são recomendadas por autoridades internacionais e nacionais, pois essas oferecem potencial risco para quedas, traumas além de confrontos corpo a corpo.
Dá para saber se estou exagerando nos exercícios e posso fazer mal ao bebê?
A fadiga é uma forma de perceber a intensidade do exercício, dessa forma escute os sinais do seu próprio corpo. Uma forma subjetiva usada por alguns estudiosos é o teste da fala, isto é, diminuir o ritmo quando não estiver conseguindo conversar, porém existem formas mais seguras que um profissional que conheça a fisiologia da gravidez e as mudanças gestacionais pode usar para programar o exercício na intensidade adequada para a mamãe.
SINAIS DE SE INTERROMPER O EXERCÍCIO:
Interrompa os exercícios imediatamente se sentir: tontura, falta de ar, sensação de desmaio, sangramento vaginal,  dificuldade para andar, contrações ou falta de movimentação do bebê (mas tenha em mente que o bebê costuma ficar mais quietinho quando você se exercita).

Fonte:http://www.gizelemonteiro.com.br/2012/06/15/exercicios-na-gravidez-beneficios-e-cuidados-de-um-programa-gestante/


Compartilhe este post
Pin It