A importância da amamentação

A importância de Amamentação o seu bebê
.
Tão importante quanto engravidar da maneira saudável e manter a gravidez de maneira saudável, é amamentar de forma correta!

amamentação

A importância da amamentação

Muitas mães ainda tem dúvidas quanto a técnica correta, tabus, tempo adequado e importância da amamentação!
Hoje, você vai tirar todas suas dúvidas aqui no blog Mamãe de duas, junto com Dr. Bruno Jacob, a respeito de tudo, e mais um pouco, sobre o aleitamento materno!
.
A OMS preconiza que os profissionais da saúde passem informações valiosas para as pacientes a respeito do aleitamento, assim como os benefícios do leite materno, vamos ver quais são?:

-Alimento completo: atende todas as necessidades de nutrientes até os 6 meses

-Fácil digestão: Evita cólicas nos nenes.

-Reforça imunidade: Fortalece sistema imunológico, previna alergias, obesidade e intolerância ao glúten.

-Fortalece vínculo mãe e filho

-Dentinhos saudáveis: a sucção ajuda no desenvolvimento da arcada dentária no nene.

-Puerpério: Evita o sangramento excessivo no pós-parto.

-Pratico, grátis e natural.

-Previne asma, artrite e doenças do trato gastrointestinal.

-Bem estar: Amamentar libera na mãe o “hormônio do amor”

-Previne anemia

Outra informação importante, que deve ser passada às mães, é a técnica correta do aleitamento. Existe toda uma maneira certa na hora de amamentar, isso inclui fatores tanto da mãe quanto do bebê e as mulheres devem estar atentas a tudo isso! Vamos à elas:

Posicionamento do bebê:
– Rosto do bebê de frente para a mama
– Nariz encostado no mamilo
– Cabeça e tronco alinhados
– Corpo do bebê próximo ao da mãe
– Pescoço do bebê levemente extendido
– Corpo do bebê bem apoiado pelas mãos da mãe

Agora veja como deve ser a “pega” do seu bebê:
-Boca bem aberta pegando todo mamilo
-Lábio inferior evertido
-Queixo tocando a mama
-Movimentos de deglutição visíveis

Fique atenta para sinais de “pega” incorreta.
-Bochechas encovadas
-Ruídos de lingua
-Dor na amamentação
-Mama esticada ou deformada.

Agora que você sabe os benefícios de amamentar e como amamentar, você não tem mais dúvidas certo? ERRADO!!!!
Ok! Então vamos ver a seguir as dúvidas mais frequentes que surgem no consultório a respeito do aleitamento materno!

1. É verdade que algumas mamães tem pouco leite?
Ter pouco leite é um mito comum. Na maioria dos casos a pouca produção de leite está relacionada a erro da técnica ou baixa frequência das mamadas. Afinal, a estimulação da sucção do bebê no mamilo é responsável por produzir a prolactina, logo, quanto mais você oferecer o peito ao seu filho, mais leite produzirá

2. Dr. estou achando que meu leite é fraco?
Outro mito. O aspecto translúcido do leite no início da mamada pode ser interpretado como ausência de substâncias nutritivas se comparado com o aspecto do leite de vaca. Mas isso não é verdade. O aleitamento materno exclusivo garante o desenvolvimento adequado para o bebê.

3. Dr. devo dar um ou os dois peitos?
O ideal é oferecer um peito ao nenê e esperar que ele mame todo leite armazenado, em seguida oferecer o outro peito. O leite do final da mamada é mais consistente e possui nutrientes que o leite inicial não oferece.

4. Os remédios que eu tomo vão passar para o bebê no leite?
Nem todos. A OMS possui uma classificação de medicações permitidas e contraindicadas durante o período de amamentação

Se ainda tiver dúvidas converse com seu médico ou mande um email para drbruno@consultoriojacob.com que ela pode aparecer aqui no blog ser mãe!
.
Por Dr. Bruno Jacob

Instagram: @drbrunojacob
www.facebook.com/drbrunojacob

PLACA


Comentários
1
Compartilhe este post
Pin It

Amamentação prolongada dúvidas e mitos que você ainda acredita

Mesmo com todos os esclarecimentos sobre amamentação prolongada, muitas mamães ainda têm dúvidas sobre o assunto e é necessário desmistificar alguns mitos. Até quando devo amamentar ? E qual preocupação devo ter nessa fase da vida do bebê? Estão entre os temas mais pesquisados na net.

amamentação

Amamentação prolongada

As dúvidas aumentam ainda quando as mães optam por prolongar essa fase da amamentação. De acordo com recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), o leite materno deve ser oferecido até, pelo menos, dois anos completos de vida.

Ainda acrescento que não existe nada que impeça a mamãe de amamentar seu filho após os dois anos de idade, desde que o leite materno esteja inserido em uma dieta alimentar equilibrada. O desmame precisa ser consciente e natural, ou seja, uma decisão da mãe juntamente com o bebê.

Existem casos também que da parte da mãe há uma dependência de ainda querer amamentar o filho, se for um caso sério é recomendado um acompanhamento com psicólogos.

Algumas dúvidas sobre amamentação prolongada

Amamentar enfraquece a mãe?

Não enfraquece, se a mãe se alimenta direito. A mãe necessita de 500 calorias durante o período de amamentação e não interfere se o bebê mama 30 minutos ou 1 hora. Alimentos naturais, menos industrializados e manter uma dieta equilibrada é o recomendado.

Existe leite fraco?

Mito. Não existe leite fraco. O leite é o alimento mais indicado para o bebê é completo.

Posso amamentar durante uma nova gestação?

Sim, as mães devem continuar amamentando normal mente. Só existem restrições em casos de risco de aborto ou de parto prematuro. Ao nascimento do outro bebê, o sabor do leite será modificado.

A mamãe que amamenta pode consumir bebidas alcoólicas?

É contraindicado, assim como outras drogas lícitas e também ilícitas.

Espero que tenha ajudado você,dúvidas e sugestões mande um e-mail.


Comentários
1
Compartilhe este post
Pin It

Por que amamento minha filha

Amamento por que pra mim sempre foi prioridade, jamais passou em minha cabeça não amamentar minhas filhas, a primeira amamentei até 1 ano de idade e a segunda até hoje amamento, mais qual seria o significado disso, por que amamentar E a resposta a essas perguntam me veio de maneira natural.

Amamento

Por que amamento

Amamento por que leite é amor, a maior forma de doação de uma mãe para com seu filho;

O leite materno é tudo que as minhas filhas precisaram ao nascer;

Por que o alimento mais completo para alimentar um bebê até os 06 meses de vida;

Amamento por que cria laços de afeição, um vínculo sem igual, uma ligação perfeita;

Por que continuo amamentando

Minha baby ainda não está pronta para o desmame

Mesmo cansada, muitas vezes em noites sem dormir por que minha pequena só quer mamar eu continuo, pois é o seu consolo;

Amamento por que acalma;

Mas mediante a tudo isso e muitos relatos de amor, ainda existem pessoas que não acreditam no poder da amamentação, talvez por não ter conhecimento ou por pura vaidade, não negue isso ao seu bebê, ele merece esse amor, essa atenção esse alimento rico e completo.

A amamentação é mais econômico para a família sim, mais não é por isso que amamentamos nossos filhos, estudos revelam que um milhão e meio de crianças morrem por ano por falta de aleitamento materno.

Não existe igualdade no leite materno com o leite adaptado (leite em pó).

O leite materno contém todas as proteínas, açúcar, gordura, vitaminas e água que o seu bebé necessita para ser saudável. E não só isso, contém os elementos que o leite em pó não consegue incorporar, como anticorpos e glóbulos brancos. E é exatamente por isso que o leite materno protege o bebé de certas doenças e infecções.

#AMAmentarSIM #mamaçovirtual

Outras mães participantes

Amamentar é Coisa de Mãe BlogDe Fertilidade á Maternidade

AMAmentar sim!! – Blog Pérolas da Bia e Mais Histórias de Mãe

Amamentação e redes sociais – Blog Baú de Menino

AMAmentar Sim! – Blog Prosa de Mãe

 Amamentar: Um Ato de Amor – Blog Sou Uma Mamãe Coruja

Amamentar Sim Por Uma Maternidade Mais Leve – Blog Surpresas da Vida


Comentários
6
Compartilhe este post
Pin It

Amamentar mesmo estando gravida pode?

Confesso que quando me perguntaram se grávida pode amamentar? Na fan page do blog também tive duvidas, não tinha parado para pensar nessa situação tão natural que muitas mulheres passam na gestação, está grávida e amamentando seu outro filho, tal situação me fez ir de cabeça numa resposta a essa dúvida.

Grávida pode amamentar

Grávida pode amamentar?

E a resposta a essa pergunta é sim grávida pode amamentar, pois não existe numa contra indicação médica para esse fato.

O que ocorre agora é que as ações hormonais agora são redirecionadas ao desenvolvimento do novo bebê a caminho, podendo assim ser diminuído a produção de leite o que é normal, a grávida então tende a se alimentar melhor para manter o equilíbrio, também pode ocorrer do leite mudar o sabor por influência dos hormônios da gestação.

Muitas crianças depois que a mãe engravida deixam de mamar, pois nessa idade a criança mama mais pelo conforto, uma opção da amamentação prolongada. Outra situação é que está grávida e amamentar pode causa na mãe cólicas devido as contrações uterinas, mas essas contrações não prejudicam o bebê.

Grávida pode amamentar?

E quando o bebê nascer vai dar pra amamentar o mais velho ?

Pode sim amamentar até o parto e também amamentar as duas crianças de idades diferentes ao mesmo tempo, porém eu pessoalmente não recomendaria e nem o faria pela consequência desta opção, pois é necessário levar em conta o ciúme do mais velho com relação a dividir o peito com seu irmão mais novo. Pode ocorrer também o desgaste da mãe com o esforço de amamentar duas crianças, além de existir o sentimento de ela ficar ansiosa por não poder dar a mesma atenção ao filho mais novo que deu para o filho mais velho.

Então amamentar durante a gravidez não tem problema algum, mas termos que levar em conta depois do nascimento do outro filho, pois o emocional da mãe e do filho mais velho pode ser sim abalados. Essa é uma opinião pessoal depois de ler sobre o assunto, em caso de dúvidas sempre procure orientação ao médico que te acompanha.

Linda sexta bjs

 


Comentários
4
Compartilhe este post
Pin It