Crescimento Infantil-Saúde da Criança

Desde a minha primeira gestação que venho sempre observando o crescimento das meninas, pois sempre li que o melhor momento é tratar, caso necessite ainda pequeno, antes da adolescência. A isa sempre foi grandona desde pequena, a Gabi já vem em estatura normal, mais sempre estou acompanhando.

CRESCIMENTO-INFANTIL

Crescimento infantil

Essa observação deve começar desde o útero pois o crescimento  inicia-se  desde a concepção, e ocorre em diferentes fases conforme os diversos estágios da vida dos pequenos. Na infância a média de crescimento é de 4 a 6 cm ao ano e vale ressaltar que cada medida é diferenciada para meninos e meninas. Essa velocidade volta a se acelerar, na puberdade, podendo atingir de 8 a 12 cm ao ano. Nas meninas o desenvolvimento ocorre mais precocemente do que nos meninos, e se dar inicio ao primeiro sinal de puberdade.

CRESCIMENTO INFANTIL

Crescimento Infantil

Cada criança tem um crescimento

Os pais não devem fazer comparações com outras crianças, comparações não é bom para ninguém e cada uma tem um ritmo próprio de se desenvolver de maneiras diferentes. O crescimento depende do padrão genético dos parentes, e isso vai sendo acompanhado pelo pediatra mês a mês. O que importa é se a criança está crescendo a cada ida ao pediatra. Há motivo para se preocupar somente se a criança parar o seu desenvolvimento ou começar a crescer muito devagar. Um crescimento acelerado, também deve ser avaliado.

Alimentos que Ajudam no Desenvolvimento Infantil

 Os alimentos ricos em ferro: Pois a falta de ferro no organismo das crianças é muito comum, pois elas necessitam de grandes quantidades desse ferro  para o seu desenvolvimento e geralmente não consomem a quantidade ideal. O recomendado é incentivar o consumo, desde cedo, de alimentos que são ricos em ferro, como:

Feijões;

Carne vermelha;

Fígado de Boi;

Folhas escuras (espinafre, couve, brócolis);

Beterraba;

Lentilhas e ervilhas.

E aqui é a calculadora que uso para calcula a altura e peso da caçula.

Lindo dia bjs!!


Comentários
4
Compartilhe este post
Pin It

Terrible twos como Controlar

Minha caçula chegou ao seus dois anos, e depois de 9 anos sinceramente não recordava-me dessa fase, a Gabi entrou numa fase conhecida como Terrible twos, aonde não aceita um “não” como resposta, fala com autoridade, tem temperamento forte e sabe o que quer, tudo agora está mais intensificado a Gabi entrou na fase “adolescência dos bebês” .Ela testa o meu limite e questiona a minha autoridade, também ficou mais manhosa e birrenta (quase como um adolescente de fato).

Terrible-Twos

Lidar com as crianças nessa fase Terrible twos é difícil e exige uma boa dose de paciência. Toda criança precisa de limites. É preciso conversar, entrar no mundo dela e explicar as coisas, apenas um passeio ao shopping, pode ser o cenário ideal para as temidas birras. Conversar antes de sai de casa explicando o que será feito, passo a passo, pode ser uma maneira de melhorar a situação de uma irritação repentina. Mas, se mesmo assim, o pequeno cometer as birras, o jeito é se controlar para não piorar a situação conversando e sendo firme sem expor ela em nenhuma situação seja na frente de outras crianças ou adultos. Pois além de não fazer bem a sua autoestima pode fazer birras ainda maiores por ter sido constrangida.
Terrible twos.jpg

Terrible twos é um período complicado para as crianças, mas os pais também precisam ter paciência. Os pais precisam fazer o pequeno aceitarem o ‘não’ amar e dar carinho não significa permitir tudo. Não adianta dizer ‘não’ e ceder à vontade dos filhos. Toda a fase é um aprendizado seja Terrible two ou qualquer outra, uma criança que não se acostumou a ter limites, a lidar com a perda ou a dividir pode se tornar um adulto intolerante ao fracasso. A  criança não pode manda em casa, infelizmente muitos pais servem ao filho e isso é uma inversão de papéis. A obrigação deles é ensinar, e não o contrário.

Controlando a Terrible twos

Mude o tom de voz quando estiver chamando a atenção da criança;

Passe autoridade. Sendo firme, sem violência;

Mesmo tendo que repeti várias vezes a mesma coisa, manter a paciência é fundamental pois as crianças com 02 anos já são capazes de entender explicações;

Observe se a criança estar refletindo algum problema emocional, como se bater ou se arranhar, pois se acontecer uma especialista tem que entrar em cena.


Comentários
10
Compartilhe este post
Pin It

Desenvolvimento nessa Idade (2 anos)

Desenvolvimento da Gabi

Dia 22 a Gabi completou 2 anos e 2 meses, como o tempo vem passando rápido e a cada dia ela está mais esperta e bem desenvolvida, tudo dentro dos conformes, só precisando melhor mais o apetite.

Desenvolvimento nessa Idade

Desenvolvimento nessa Idade

Nesta idade de 2 anos a fantasia e imaginação reinam no mundo da criança, suas brincadeiras se tornam mais sofisticadas e passa seu tempo se dedicando a elas.

Gosta muito de usar o papel com a caneta ou lápis, pinturas com tinta, desenvolvem frases que acompanham os gestos para se expressar, devemos observa que a criança  já faz suas escolhas com escolhe seus sapatos, aonde quer guardar seu brinquedo, escolhe em que gaveta quer colocar sua meia. Venho ensinado como ajudar a limpar o seu quarto e a guardar seus brinquedos e roupas.

Nessa idade o seu filho vai ser mais relutante em ir para a cama e a chave aqui é ser firme, consistente e sempre seguir o cronograma e o ritual de cada dia, o cochilo de um ou duas horas, geralmente é suficiente, mas ele pode não querer mais como a minha pequena não quer.

Desenvolvimento na Comunicação

A criança já é capaz de estruturar sentenças usando verbos e até mesmo alguns adjetivos e advérbios. A Gabi ao se comunicar coloca tudo no diminuitivo como por exemplo a cadeira-cadeirinha, bola-bolinha.

Ela gosta de tomar decisões como se fosse a adulta, querendo mandar na situação, respondendo com “não” e falando com entonação o que é típico dessa idade, mais temos que nos manter firmes e mostrar a ela quem é a mãe.

Gosta muito de correr invés de andar, faz birras para sai do banho, pois gosta muito de ficar na água, quer brincar com meus batons, pintar as paredes e tudo que vê pela frente.

Linda semana beijokas.


Comentários
17
Compartilhe este post
Pin It

Desfralde Parte II Como venho fazendo

Desfralde Parte II

desfralde

Iniciar o desfralde dos pequenos não é tarefa fácil, li muito sobre o assunto, antes para fazer tudo certinho, já que o desfralde da Isa foi diferente pois trabalhava, então uma moça que tomava conta dela e a precoce ida a escola ajudou e muito.

Comecei o desfralde Gabi, depois de tudo que li achei que estava tudo de acordo para iniciar e que tudo seria fácil, que apenas com amor e dedicação tudo seria perfeito.

Depois de muitas frustações retomamos o processo de desfralde, comprei mas calcinhas pois as que tinham não eram suficientes, e troninho ao lado, pois ela não queria ir ao vaso de jeito maneira.

desfralde

Com o recomeço, novamente a Gabi só fazia xixi na calcinha e só avisava quando já estava fazendo, todas as vezes eu conversava com ela, mostrava o lugar de fazer , limpava tudo e tudo se repetia, aonde eu estava errando, li tanto e comecei o processo de desfralde quando ela deu sinais de que estava pronta, a fralda já incomodava, ela avisava quando fazia xixi e tal, mas foi ai que me veio em mente, também sempre li que o desfralde era demorado, e que sempre queremos resultados e esquecemos que o processo fazer é tão importante quanto a vitória do resultado.

Mudei a estratégia comecei a monitora as vezes que ela  fazia xixi, passei uma semana sem colocar fraldas, apenas colocava fraldas para dormir, passei essa semana toda em casa para não ter que colocar fraldas e confundir sua cabecinha, baseada nessa analise  tive uma base e sempre a colocava no troninho quando estava perto do horário, poucas vezes funcionou pois ela nem queria sentar, então eu comecei a incentivar ela a sentar com livros, eu sentava junto e ficávamos aguardando, a primeira vez que ela fez pulamos de alegria parabenizei, a segunda tentativa não obtive sucesso a segunda vitória só veio no outro dia, porém a terceira vitória chegou e dessa vez ela mesma tirou a calcinha e pegou o troninho, sentei junto com ela e dei um livro e para minha surpresa conseguimos não apenas o número um, mas também o número dois, pulei de alegria, só mesmo quem é mãe entende isso, sei que ainda não terminamos mais foi um passo muito grande, para uma mãe que estava cansada e quase desesperada, achando que estava fracassando, sei que o processo é longo e falta muito, mas agora eu entendo que estamos no caminho certo e que mesmo tendo que pausar um pouco o processo do desfralde o importante é não desistir.

Linda Quarta bjs


Comentários
25
Compartilhe este post
Pin It