8 Conselhos pata ter um blog cativante

Olá meus amigos hoje estive colocando as ideias no lugar rs pensando o que quero fazer daqui para frente com o meu blog, ele estará completando 3 anos em abril, e venho vivenciando com vocês momentos maravilhosos, porém assim como muitas mães que tem blog  querem empreender , pela segunda vez assistir os vídeos de congressos online o que por sinal foram ótimos e só fez crescer em mim a vontade de ter uma boa renda com meu blog, para quem está começando pode parecer muito difícil mais acredite vale a pena.
BLOG

Blog Relevante

8 Conselhos pata ter um blog cativante

No inicio vai ser difícil se expor, colocar seus sentimentos aonde todos podem ler, mais depois de alguns post isso não será mais problema, vai levar algum tempo para ter um número de visualizações e muito mais ainda para as pessoas comentarem , mas isso não significa que não está sendo visto, algumas vezes as ideias para o post podem não fugi, então fazer leituras de assuntos materno e se manter atualizado é o melhor a fazer.

Mantenha o blog atualizado 3 vezes por semana, ou mais se preferir não faça texto gigantes o uso 300 palavras é o ideal, caso precise de mais não passe de 1.000 e não se esqueça use a técnica do SEO.

Sempre escolha bem suas fotos e imagens que vai colocar no blog, isso é muito importante pois a imagem fala mais que o próprio texto, na procura da imagem ideal eu já perdi mais tempo que o próprio texto.

Aonde ter um blog qual a melhor plataforma, muitos anos vive no blogspot, mais se eu tivesse começando agora e tivesse toda essa informações que tenho teria iniciado no wordpress.org é uma plataforma mais profissional e tem ajuda com plug-ins o que facilitam e muito nossas vidas, mais sabendo que tem que pagar a hospedagem do blog.

Compre um domínio para ter um ar mais profissional.

Tenho visto que os blogs mais cativante são os que expõe seu dia a dia com experiências e dicas, nada de expor demais, e nada de informações como dia de viagem e retornos, tirar fotos com a farda do trabalho ou escola dos filhos, nada de colocar endereços físicos, tudo tem limite e todo o cuidado é pouco, pense direto sobre o que você quer falar antes que seu blog cresça demais.

Se você quer ter sucesso com seu blog, coloque em peso seu trabalho em procurar imagens e um bom texto, o seu tempo nele investido e valorize o que você faz, mesmo achando difícil nunca desista há não ser que seja o que realmente você quer “parar”, faça um Mídia kit, coloque nele o que de melhor tem no seu blog, crie as redes sociais, compartilhe o que você escreve em todas elas e mande muitos emails ao dia.

Ah e muitos erros que venho vendo em muitos blogs o tal do “aqui” aonde é colocado o link, o melhor é você coloca o link numa palavra chave do texto esqueça o “aqui”.

Espero ter ajudado e boa sorte!!


Compartilhe este post
Pin It

Crosta Láctea Você Sabe O Que é ?

 photo Couro-cabeludo-ressecado1_zps079ae1b2.jpg
Crosta
láctea ou dermatite seborréica  são  “caspinhas” na cabeça do bebê são inofensivas.
Mas, como podem causar incômodo como coceiras e irritações são recomendadas
tratá-las o quanto antes.
Tanto a
Isa como a Gabi tiveram esse problema com 1 meses de vida. É muito comum que
ele surja em bebês recém-nascidos e até os 3 anos de idade. Não é contagioso e
nem se produz por falta de higiene.
“A
crosta láctea, também conhecida por dermatite seborréica afeta o couro cabeludo
dos bebês. É uma afecção comum da pele e do couro cabeludo que se apresenta
quando as glândulas sebáceas produzem grande secreção de gordura, causando
escamas, crostas ou caspas brancas meio amareladas, nas áreas mais gordurosas
da cabeça do bebê.”
O
tratamento é super simples. Confira:
– 30
minutos antes de lavar a cabeça do bebê, aplique óleo mineral vende na farmácia
no couro cabeludo com algodão e faça uma leve massagem para que as crostas
desgrudem. Se as crostas estiverem muito grossas, aplique 1 hora antes.

Durante a lavagem, pentei o cabelo do bebê com um pente de dentes suaves, em
todas as direções. Isso vai fazer com que as crostam saiam com mais facilidade.
É importante enxaguar bem a cabeça do bebê, para evitar qualquer resíduo de
produtos.
– Repita
esse procedimento até que as “caspinhas” desapareçam, o que geralmente ocorre
em poucos dias.
Caso não
haja melhora, consulte o pediatra para evitar possíveis complicações.
Beijos!


Compartilhe este post
Pin It