Como fazer seu filho beber água

Hoje trago dicas de como fazer seu filho beber água pode até ser difícil, mas ai valer a pena, sempre tive problema com as meninas sobre como fazer elas beberem mais água, complicado demais, pois água é fundamental além de hidratar, trás benefícios e evitam problemas a saúde. Com a Isa ainda conseguia driblar com garrafinhas diferentes e coloridas mas com a Gabi nada resolvia e pior foi se tornando serio pois ela começou a ter prisão de ventre por isso,  é importante acostumar a criança a beber água mesmo que não tenha sede. A água que a criança deverá tomar deve estar na temperatura ambiente e não precisa estar muito gelada .

Como fazer seu filho beber água

Agora vem o desafio com dá conta de fazer o filho beber água

Ofereça sempre água a seu filho não espere ele pedi;

Sempre tenha água disponível;

Compre garrafas de personagens preferidos deles e ofereça água;

Ofereça água gelada principalmente nos dias quentes;

Tente dar água em copos diferentes;

Compre canudos e tente dar com água;

Leve sempre uma garrafinha de água para onde forem;

Converse sobre o “porque” de beber água;

E o principal seja o exemplo, beba água.

Com a Isa essas dicas deram super certo, mais com a Gabi não tive essa sorte então tive que apelar mesmo, uma técnica que venho usando e vem dando resultado é com uma seringa dessa normal que vem para dar remédio eu pego e vou dando água e ela bebe, só assim.É mãe tem que rebolar e ser criativa né, ainda não consigo bater a meta diária mais ela bebe 4 copos de 200 ml, ainda é menos de um litro mais já é um bom caminho pra quem não bebia nada de água e as prisões de ventre nem me lembro mais da última, significa que cada esforço está valendo a pena.

Fiz uma tabelinha para o controle do consumo de água

Até o 6 meses: O leite materno contém 88% de água.

7 a 12 meses: 800 ml

1 a 3 anos: 1,3 litros

4 a 8 anos 1,7 litros

9 anos em diante: 2 litros

Gestante 3 litros

Mães amamentando: 3,8 litros

Espero ter ajudado !!


Comentários
8
Compartilhe este post
Pin It

Coisas que Pais de Menina Precisam Saber

Muitos pais piram completamente ao descobrir que uma menina está para chegar, muitas dúvidas são normais, no começo é assim mesmo depois viram cúmplices e o amor fala mais alto.

Por aqui foi diferente o amor sempre falou mais alto o marido sempre quis uma menina desde o inicio sempre vibrou comigo, tanto na primeira como na segunda gestação e isso fez toda a diferença, sempre tivemos essa cumplicidade essa ligação de diálogo, o que facilitou muito nossas decisões.

Porém vejo que alguns pais quando sabem que seu bebê vai ser uma menina, se afastam e isso não pode ser justificativa para sua atitude de afastamento para com sua filha, participar do mundo cor de rosa dela vai ser bem mais divertido do que você possa imaginar.

Coisas que Pais de Menina Precisam Saber

Coisas que Pais de Menina Precisam Saber

1.Não tenha medo

 O desenvolvimento sexual da menina pode assustar os pais, mais tenha calma, pois seu papel pai é fundamental, você é o modelo que ele tem seja agora ou suas futuras relações. Dê sempre carinho.

  1. Seja e dê o exemplo

O relacionamento do casal influencia  no emocional dos filhos, pois os pais são o exemplo de relacionamento, os pais tem essa responsabilidade também. Então o melhor que o pai pode fazer é amar a mãe de sua filha com respeito e mostrando sempre o melhor caminho.

Coisas que Pais de Menina Precisam Saber

  1. Sempre lado a lado

Toda criança precisa de amor e atenção, participar das atividades que sua filha gosta, contar histórias, brincar e conversar. O papai leva ao parque e faz questão de balança a pequena junto com a Isa. Fortalecendo o vínculo.

  1. Infinito particular Rosa

O mundo das meninas são cor de rosa, então se jogue nele. Aqui em casa o marido gosta muito de combinar a roupa com o das meninas colocando camisa rosa e amo vê isso, pois ele entra de cabeça, mesmo sendo um universo diferente ele não impõe barreiras. E isso trás uma relação positiva, como a certeza de que ela pode ser criança, e que o papai pode sim está com ela em tudo. Isso é importante para que ela desenvolva todo seu potencial!

É papel dos pais incentivar as filhas alcançarem seus objetivos e serem o que quiserem ser e ajudá-las para serem confiantes com suas escolhas.

Coisas que Pais de Menina Precisam Saber


Comentários
7
Compartilhe este post
Pin It

Terrible twos como Controlar

Minha caçula chegou ao seus dois anos, e depois de 9 anos sinceramente não recordava-me dessa fase, a Gabi entrou numa fase conhecida como Terrible twos, aonde não aceita um “não” como resposta, fala com autoridade, tem temperamento forte e sabe o que quer, tudo agora está mais intensificado a Gabi entrou na fase “adolescência dos bebês” .Ela testa o meu limite e questiona a minha autoridade, também ficou mais manhosa e birrenta (quase como um adolescente de fato).

Terrible-Twos

Lidar com as crianças nessa fase Terrible twos é difícil e exige uma boa dose de paciência. Toda criança precisa de limites. É preciso conversar, entrar no mundo dela e explicar as coisas, apenas um passeio ao shopping, pode ser o cenário ideal para as temidas birras. Conversar antes de sai de casa explicando o que será feito, passo a passo, pode ser uma maneira de melhorar a situação de uma irritação repentina. Mas, se mesmo assim, o pequeno cometer as birras, o jeito é se controlar para não piorar a situação conversando e sendo firme sem expor ela em nenhuma situação seja na frente de outras crianças ou adultos. Pois além de não fazer bem a sua autoestima pode fazer birras ainda maiores por ter sido constrangida.
Terrible twos.jpg

Terrible twos é um período complicado para as crianças, mas os pais também precisam ter paciência. Os pais precisam fazer o pequeno aceitarem o ‘não’ amar e dar carinho não significa permitir tudo. Não adianta dizer ‘não’ e ceder à vontade dos filhos. Toda a fase é um aprendizado seja Terrible two ou qualquer outra, uma criança que não se acostumou a ter limites, a lidar com a perda ou a dividir pode se tornar um adulto intolerante ao fracasso. A  criança não pode manda em casa, infelizmente muitos pais servem ao filho e isso é uma inversão de papéis. A obrigação deles é ensinar, e não o contrário.

Controlando a Terrible twos

Mude o tom de voz quando estiver chamando a atenção da criança;

Passe autoridade. Sendo firme, sem violência;

Mesmo tendo que repeti várias vezes a mesma coisa, manter a paciência é fundamental pois as crianças com 02 anos já são capazes de entender explicações;

Observe se a criança estar refletindo algum problema emocional, como se bater ou se arranhar, pois se acontecer uma especialista tem que entrar em cena.


Comentários
10
Compartilhe este post
Pin It

Como educar seu filho Pré-adolescente

pré-adolescente

Quando me dei conta que minha filha já era uma pré-adolescente foi quando fui comprar seu primeiro sutiã, de uma hora para outra minha menina que apenas brincava de bonecas, já não brincava tanto assim, queria maquiagem, pintar as unhas e eu ainda não estava preparada para tal situação.

Essa fase para eles são de descobertas, mistérios e curiosidade, eles tem corpo de criança, mas não gostam de ser chamados assim, porém não são adolescentes ainda, estão no meio do caminho e temos que ter paciência, compreensão e muito amor, pois já passamos por isso e a pré-adolescência é um misto de sentimentos, uma delas a questão hormonal, que deixa qualquer um a flor da pele, e respeitar essas mudanças são essenciais.

Algumas dicas para lhe dar com os filhos Pré-adolescentes  

O primeiro passo vai partir dos pais, a forma de tratar tem que ser diferente se antes você dava beijinhos para deixa-los na escola hoje eles não querem mais, então respeite, e isso não quer dizer que eles não te amem mais;

O humor vai ficar variando uma hora está tudo bem, uma hora depois pode não está, se tornam mais teimosos, orgulhosos e apresentam reações que não entendemos.

Converse sobre tudo amor, sexo, drogas, bebidas, valores entre outros, explique tudo sem vergonha, ensine que tem coisas que vai ter que decidir e dizer não é importante, é melhor dizer não e ser firme em suas decisões do que aceitar tudo e ser visto como “maria-vai-com-as-outras”.

Ser amigo do seu filho pré-adolescente é muito importante, mas antes de ser amigo lembre-se que vocês são pais e que na hora que for necessário repreenda, oriente estabeleça limites no momento certo. 

Criar filhos pré-adolescente tem suas dificuldades, nós não dispomos de um manual, no entanto, temos que formar pessoas maduras, felizes e responsáveis capazes de serem independentes em sua vida.  mas com amor e compreensão, você pode tirar essa fase de letra!


Comentários
22
Compartilhe este post
Pin It