Driblar o Não do seu Filho

Toda a Criança tem a fase do “não”, das birras, das teimosias, não importa a idade, e cabe a nós pais driblar e lidar com essa fase dos pequenos, muitas e muitas vezes a resposta para quase tudo é “não”e temos que está preparados para tal.
DRIBLAR

Driblar o Não do seu Filho

Quando a Isa era pequena a resposta preferida dela era não, para quase tudo que eu dizia pra ela não fazer, com a Gabi não é diferente hoje, ouço muito esse não, mais observei muitas coisas nessa minha jornada como mãe e uma delas é que nós pais ensinamos aos nossos pequenos a falarem o “não”, como “não pegue ai” aonde poderíamos usar “Tire a mão dai” Não suba por que se você subi pode cai e por ai vai evitando assim o uso constante da palavra não.
Mais como driblar essa mania dos pequenosEvite falar a palavra toda hora quando estiver educando, substituindo ela;
Quando ela falar não, pergunte o porque do não e ensine a criança de maneira correta
Mostre a ela que você não esta gostando da teimosia e que não aprova o que ela faz se mantendo firme.
DRIBLAR

Driblar o Não do seu Filho

Uma coisa que venho tentando driblar aqui em casa é que a Gabi toda vez que quer algo me dá beijinhos, como resistir né, mais quando não é pra ser tenho que me manter firme, e distraiu ela em para outra direção com outra coisa. Vida de mãe né mole não, muitas vezes fica tudo mais complicado quando querendo terminar o almoço antes que o marido chegue, mais o filho quer atenção, ou mesmo você dando atenção por uma hora ou mais e você tentando se organizar na cozinha e na casa e ela vai pegar o que não pode e é nesse momento que peca, pois acaba cedendo por que precisa terminar de fazer os afazeres, o que acontece é que a nossa forma de tenta resolver acaba de driblar a gente.

Compartilhe este post
Pin It
Hoje é uma dia muito especial é o aniversário da minha filha, hoje o dia amanheceu mais iluminado, pois mesmo se passado 11 anos, em minha mente é bem vivo o momento que te vi pela primeira vez , seu rostinho lindo seu olhinhos bem escuros, suas mãozinhas  e desde  o seu nascimento nunca mais nos separamos,meu
amor.

 

Princesa linda nesse seu aniversário agradeço a Deus pela linda mocinha que se tornou, pela menina meiga,doce, inteligente, carinho, amiga. Deus confiou a mim, colocando você nos meus braços, e desejo de todo coração que Ele esteja alegre pelo que venho fazendo pois te amo e tudo que faço é para seu bem é a maneira que encontrei
para ser a melhor mãe que posso ser para você e sua irmãzinha. Tudo que fiz e faço é por que Deus tem me dado forças e coragem para lutar e tentar transformá-la em uma pessoa integra , uma pessoa do bem.
 foto SAM_7474_zpsuoipy97s.jpg
 foto SAM_7467_zpsiwl2pwtr.jpg
 foto SAM_7652_zpsnjlrvlko.jpg
Feliz aniversário Filha linda do meu coração,toda felicidade do mundo ainda é pouco perto do que te desejo…
Você é muito especial e nunca permita que alguém te diga o contrário, porque você é uma vencedora, você foi a escolhida por Deus para estar aqui, minha vida jamais seria a mesma coisa sem você, você me ensinou a ser mãe  a ter forças aonde não sabia aonde encontrar, me ensinou que podia amar além de mim mesma .
Você mudou o meu viver, a  minha vida por completo com você aprendi o que é se doar,sem pedi nada em troca.
Te amamos filha linda, nosso tesouro, nosso bem querer.

Parabéns pelo Seu Aniversário

Inteirinho seu
Clarisse Corrêa
Te amo. Te amo de um jeito que eu tento explicar e não sei. Palavra fica presa. Engasgo, afogo e uso palavras pela
metade. Na hora H sempre falta uma vogal. Mas quer, de novo, saber? Meu coração nunca foi pela metade: sempre foi inteirinho seu.
 foto SAM_7555_zpshaxdaua8.jpg

 

 foto SAM_7518_zpssjgmcaxn.jpg

 foto SAM_7656_zpsjoyr38ac.jpg

 foto SAM_7632_zps4vaiyzpx.jpg


Compartilhe este post
Pin It

Filhos Criados, Resultado Garantido

Filhos criados trabalho dobrado, sim já diz o ditado oh! frase certa, os filhos nascem e com eles vem muitos pensamentos e preocupações, qual foi a mãe que achou que não ia conseguir dá conta do recado, esse pensamento já me ocorreu inúmeras vezes e com ele o “vou conseguir” sempre vinha atrás.

 

Quando a Isa era um bebê minhas preocupações eram em não deixa-la ficar com assaduras, saber quando seu choro era de fome ou não, acalma-la nos dias de cólicas e por ai vai indo, preocupações normais de qualquer mãe, porém , os filhos crescem e mais preocupações surgem as birras, a educação o desfralde, as idas a escola, tarefas escolas educação, a ter uma boa alimentação, isso consome seu tempo sua vida por quase completo, e quanto mais eles crescem, mais trabalhos eles tão, e somos responsáveis pela educação e quem eles serão no futuro.

Filhos e o Trabalho Garantido

 photo Filhos_zpsolxwlgnn.jpg
Hoje me deparo com as teimosias da minha filha Gabi, sim são puras e simples teimosias aonde eu tomo o cuidado de olhar e observar cada coisa que ela faz, para não ter acidentes ou qualquer coisa do tipo, mais notei que com a Isa já é diferente não dou mais banho nem comida na boca, apenas conversamos e oriento o que ela tem que fazer, mais ai vem o peso de tudo que você já ensinou ao seus filhos, eles criam asas para voa, e a liberdade está bem a frente não tem para onde correr, e ai sim vem, os dias cansativos e estressante que você teve em educação e cuida-los de ensinar o que é certo e o que é errado, quantas vezes você repetiu as mesmas frases e quantas vezes chegou ao seu extremo e nunca desistiu e o resultado do trabalho serão filhos bem criados para quando eles começarem a alça voos eles consigam e possam ir a qualquer lugar pois você mãe e pais ensinou isso a eles.Sim filhos criados trabalho dobrado, e se você  acha que não dão trabalho é por que eles não estão sendo bem cuidados.
 photo Filhos1_zpsloxq5dzj.jpg
Não delegue sua função de mãe para ninguém, a escola ensina aos seus filhos, a vida, a babá, mais mãe você educa, você ensina o resto é um comprimento do que você vem fazendo, viver a vida da maneira leve é essencial, brincar com seus filhos leva-lo a cozinha para te ajudar, dá uma tarefinha a eles enquanto você tenta limpar a casa, é fazer com que a vida fique mais leve, e tenha certeza que o trabalho nem será notado quando você começar a fazer tudo de maneira mais leve e você terá filhos criado com trabalho dobrado e resultado garantido.

Lindo dia bjs


Compartilhe este post
Pin It
 Quando eu tinha uns 10 anos eu tive gagueira toda vez que eu ficava nervosa, não conseguia me expressar ou explicar algo, quando ficava gaguejando, o nervosismo era tanto que eu ficava muito aborrecida, o tempo foi passando e a gagueira ficando pra trás,   nunca fui a fundo nesse assunto, mas ontem a noite esse assunto me veio a mente.
Quando a Isa nasceu sempre observei se iria acontecer o mesmo com ela se ela ficasse nervosa graças a Deus tudo normal e com a Gabi venho fazendo o mesmo processo de observação, mas afinal de contas o que é gagueira, e por que isso acontece em busca de algumas respostas trouxe algumas informações:
O que é Gagueira?
É um distúrbio da fala onde os sons, sílabas ou palavras são repetidas ou duram mais do que o normal. Esses problemas provocam uma quebra no fluxo da fala (chamada disfluência).

Causas

Cerca de 5% das crianças(1 em cada 20 crianças)entre 2 e 5 anos de idade vai desenvolver algum tipo de gagueira durante a infância. Pode durar de várias semanas até vários anos.
Para um pequeno número de crianças (menos de 1%), não desaparece e pode piorar. 
Tende a passar de pai para filho. 
Também há evidências de que pode ser resultado de algumas lesões cerebrais, tais como derrame ou lesões cerebrais traumáticas.
Pode ser causada por trauma emocional (chamada gagueira psicogênica).
É mais comum em meninos que em meninas. Ela também tende a persistir durante a idade adulta com mais frequência em homens do que em mulheres.  

Tratamento de Gagueira

Não há um melhor tratamento para gagueira. A maioria dos casos iniciais tem curta duração e se resolve por si só.

A fonoaudiologia pode ser útil se:

A gagueira dura de 3 a 6 meses ou o “bloqueio” da fala dura vários segundos.
A criança parece estar se esforçando quando gagueja ou fica envergonhada
Há histórico familiar de gagueira
A fonoaudiologia pode ajudar a tornar o discurso mais fluente ou tranquilo e pode ajudar a criança a se sentir melhor a respeito da gagueira.

 photo 75e08e4c-ea7e-43aa-b33c-8509fa4cdec5_zps8cdaf62e.jpg

Os pais são incentivados a:

Evitar expressar muita preocupação com o problema, que pode realmente piorá, fazendo com que a criança fique mais consciente da situação.
Evitar situações sociais estressantes sempre que possível
Ouvir pacientemente a criança, fazer contato visual, não interromper e demonstrar amor e aceitação. Evitar terminar as frases para ela.
Dispor de tempo para conversar

Conversar abertamente sobre a gagueira quando a criança toca no assunto, fazendo-a saber, que você compreende sua frustração
Conversar com o fonoaudiólogo sobre quando corrigir a gagueira.
Prevenção
Não há maneira conhecida de prevenir a gagueira.


Compartilhe este post
Pin It