Olá meus amigos, estarei contando hoje como está sendo o desfralde  da Gabi, bom desde a última postagem sobre, estamos tentando, tivemos alguns progressos mais nada tão significativo,  já deixava ela de calcinha então continuo, há duas semanas atrás ela quando fazia xixi sai gritando e pisando o xixi “xixi mamãe, xixi papai” mais não sentava no Penico e nem ia para o vaso, a maneira agora mudou antes de fazer xixi ela fala xixi mamãe tira a calcinha, mais não quer senta no vaso nem no penico e notei também que  como ela não sabe identificar nem o número um nem o dois ela quer fazer cocô e fala que é xixi e começa a se apertar, então manter a paciência é fundamental, notei também que todas as vezes que ela faz xixi quer se livrar da fralda logo.

Começando o desfralde como saber que a criança está pronta?

 

*Fica com a fralda seca por períodos mais longos, durante o dia.

*Reclama de fraldas molhadas ou sujas.

*Mostra curiosidade ou interesse pelo vaso sanitário ou em usar cuecas ou calcinhas.

*Entende e obedece a “ordens” simples.

*É capaz de abaixar as calças ou shorts

 

*Avisa, com palavras, gestos ou expressões corporais que está com vontade de fazer cocô ou xixi.

 photo Desfralde_bonequinha_zps6lrajr0n.jpg

Esses foram os pontos que abordei para iniciar o desfralde aqui em casa. Então dei inicio ao desfralde como falei anteriormente comprando os kits calcinha, penico se preferir o adaptador, algumas atitudes que venho tendo é quando ela faz cocô na fralda eu jogo no vaso, quando ela faz xixi no chão eu falo “- Gabi no penico filha no chão não.”  Sempre a levo aos banheiro junto comigo ou melhor ela sempre vai,  fato rs já comprei o banquinho pra caso ela queira usar o vaso para não ficar com os pés no ar o penico fica no banheiro, sempre mantenho o senso de humor e a paciência, tento colocar ela várias vezes ao dia sentadinha no penico e fico ao lado conversando para descontrai.

Se perceber que esse treinamento está sendo completamente insatisfatório e/ou que a criança resiste ou demonstra irritação, não hesite em interrompê-lo e esperar uns meses para recomeçar.

Divirtam-se!

 


Compartilhe este post
Pin It

Filhos Criados, Resultado Garantido

Filhos criados trabalho dobrado, sim já diz o ditado oh! frase certa, os filhos nascem e com eles vem muitos pensamentos e preocupações, qual foi a mãe que achou que não ia conseguir dá conta do recado, esse pensamento já me ocorreu inúmeras vezes e com ele o “vou conseguir” sempre vinha atrás.

 

Quando a Isa era um bebê minhas preocupações eram em não deixa-la ficar com assaduras, saber quando seu choro era de fome ou não, acalma-la nos dias de cólicas e por ai vai indo, preocupações normais de qualquer mãe, porém , os filhos crescem e mais preocupações surgem as birras, a educação o desfralde, as idas a escola, tarefas escolas educação, a ter uma boa alimentação, isso consome seu tempo sua vida por quase completo, e quanto mais eles crescem, mais trabalhos eles tão, e somos responsáveis pela educação e quem eles serão no futuro.

Filhos e o Trabalho Garantido

 photo Filhos_zpsolxwlgnn.jpg
Hoje me deparo com as teimosias da minha filha Gabi, sim são puras e simples teimosias aonde eu tomo o cuidado de olhar e observar cada coisa que ela faz, para não ter acidentes ou qualquer coisa do tipo, mais notei que com a Isa já é diferente não dou mais banho nem comida na boca, apenas conversamos e oriento o que ela tem que fazer, mais ai vem o peso de tudo que você já ensinou ao seus filhos, eles criam asas para voa, e a liberdade está bem a frente não tem para onde correr, e ai sim vem, os dias cansativos e estressante que você teve em educação e cuida-los de ensinar o que é certo e o que é errado, quantas vezes você repetiu as mesmas frases e quantas vezes chegou ao seu extremo e nunca desistiu e o resultado do trabalho serão filhos bem criados para quando eles começarem a alça voos eles consigam e possam ir a qualquer lugar pois você mãe e pais ensinou isso a eles.Sim filhos criados trabalho dobrado, e se você  acha que não dão trabalho é por que eles não estão sendo bem cuidados.
 photo Filhos1_zpsloxq5dzj.jpg
Não delegue sua função de mãe para ninguém, a escola ensina aos seus filhos, a vida, a babá, mais mãe você educa, você ensina o resto é um comprimento do que você vem fazendo, viver a vida da maneira leve é essencial, brincar com seus filhos leva-lo a cozinha para te ajudar, dá uma tarefinha a eles enquanto você tenta limpar a casa, é fazer com que a vida fique mais leve, e tenha certeza que o trabalho nem será notado quando você começar a fazer tudo de maneira mais leve e você terá filhos criado com trabalho dobrado e resultado garantido.

Lindo dia bjs


Compartilhe este post
Pin It

Dar remédio para o bebê é uma tarefa séria, e muitas vezes bem difícil, a Isa me dava muito trabalho com isso, tinha que sempre ser forçado e no maior sofrimento, já a Gabi com uma conversa na maioria das vezes ela tomava o remédio numa boa, mais esses dias pra cá ela vem radiando demais para tomar os remédios e nem conversando resolve, diante desse dilema fui buscar no meu amigo Google alguma ajuda Veja:

 

DAR REMÉDIO

Pontos importantes para dar remédio ao seu filho.

Lave as mãos antes;
Agite bem o frasco antes de abrir;
Olhe a dosagem direitinho recomendada pelo médico;
Crianças pequenas são muito sensíveis e até o remédio mais simples pode causar problemas graves se dado em dose e horários errados. Todo cuidado é pouco.
Muitas vezes a dose é calculada conforme o peso, e uma gotinha a mais já faz diferença.
Se você não lembrar direito qual é a dose, é melhor não dar o remédio sem falar com o médico.
Pode ser uma seringa, um conta-gotas ou um copinho. Lembre-se: cada gota importa.
Depois de usar, lave bem o dosador e guarde junto com o remédio.

Saiba as regras antes de dar remédio ao seu filho

Leia a embalagem, e a bula;
Olhe se pode dar a medicação junto com comida ou se precisa guardar o remédio na geladeira;
Mantenha sempre o remédio na embalagem original, com a bula e o dosador.
 photo 137308121.jpg

Depois de ler todos esses passos vem a parte mais complicada dar remédio ao bebê ou a criança, a maioria das crianças não é lá muito fã de remédio e o melhor é ter ajuda nessa hora, uma pessoa segura as duas mãozinhas do bebê, enquanto a outra pessoa aperta levemente as bochechas dele e com uma seringa ou conta-gotas coloca o remédio na lateral da boca. Soprar levemente o rosto do bebê pode ajudá-lo a ter o reflexo de engolir.É bem possível que ele chore. Não jogue o remédio no fundo da garganta, porque a criança pode engasgar. Use truques, se seu bebê não toma o remédio de jeito nenhum, pergunte ao médico se pode misturá-lo com um pouco de leite numa seringa ou mamadeira se for possível dê primeiro um pouco de leite puro, e logo depois o leite com o remédio. Não misture com muito leite, porque o bebê vai ter de tomar tudo.

Se nada disso funcionar o que faço para dar o remédio ao meu Bebê
Se nada disso funcionar, pergunte ao médico se existe alguma outra apresentação do remédio. Um comprimido mastigável, por exemplo, pode ser amassado e misturado à papinha preferida do bebê. Ou a solução pode ser usar a injeção.
Depois que comecei a usar algumas dicas aqui citadas, dar remédio a Gabi voltou a ser mais tranquilo, espero que ajudem a vocês também.

 


Compartilhe este post
Pin It
O tempo passa rápido e sempre foi enorme a
vontade de fotografar cada momento da vida das minhas filhas, ainda mais quando
elas ainda são pequenas. Desde o nascimento da Isa que a fotografo, cada mês,
cada momento, tudo que ela fazia , fotografia pra mim é uma paixão que foi
crescendo mais a cada dia, e com a Gabi não é diferente até comprei uma máquina
profissional para continuar, tirando as fotos das minhas fofuras em casa.
Qual a mãe ou pai que não quer fotografar seu
baby fazendo aquela carinhas engraçadas, ou seu primeiro dia de nascido, seu
primeiro banho é inevitável, e para ter
fotos de qualidade e que valem a pena ter guardadas ai vem algumas dicas

Dicas para Fotografar seu Filhos

1. Seja paciente.
2. Se não der, não
insista.
3. Tente manter as imagens simples e naturais.
4. Interaja com seu bebê para capturar uma
expressão emotiva.
5. Escolha um horário do dia que você sabe ser
o melhor para o seu bebê.
6. Quando for fotografar  uma criança entre dois e três anos, uma coisa
que pode ajudar e não interfere na imagem são bolhas de sabão.
7.  Se for
fotografar com fantasias, evite cores chamativas, como vermelho, amarelo ou
laranja, e logos e estampas.
8. Se estiver fotografando fora de casa, aproveite
a luz do dia sem ficar diretamente exposto ao sol
9. Se for fotografar de uma maneira que queira criar
um efeito de estúdio dentro de casa , pode usar um lençol, um pedaço de tecido
ou a sua toalha de mesa favorita para servir de fundo.
10. Evite usar o flash da câmera.
 photo 951f5db17ec5zz83qg3g5w62k892b1p95_zpssxxnhlfi.jpg
 
 photo 3x1l7foxdw1298xrezsx32wc9_zpslexmbfdl.jpg
 
 photo bebe-e-pai-joannacohen-8_zps9iu6pv40.jpeg

 photo 7dk6i6juv11se7hl36vwwf9cm_zpsts2nvatu.jpg  

 photo a-mae-e-artista-freelancer-como-se-autodenominou-queenie-liao-fotografa-o-filho-mais-novo-wengenn-em-diversos-cenarios-inusi_zps5g9haqtx.jpg

 photo CL-0030-pacotinho-560x373_zps5xqxkvzh.jpg

 photo ginger-unzueta-c1-588x410_zpsmtpf8tbm.png

 photo slide_359233_4002210_free_zps34wn79qn.jpg

Fotografar os
anos de vida das crianças pode ser bem mais criativo do que se imagina. E não é
preciso ser uma fotógrafa profissional para conseguir cliques de boa qualidade
ou para produzir sequências de fotos divertidas. Então comece já e divirtam-se.


Compartilhe este post
Pin It