Olá recebi da Gota cosméticos a linha Fortalecimento anti danos para cabelos e a eu amei os resultados,uma linha completa e eficiente para quem estar com os cabelos drasticamente danificados assim como os meus, fora que tem varias outras linhas.

O que diz o fabricante

Fortalecimento Anti Danos para o cabelos da Gota Cosméticos traz a mais avançada tecnologia Kerafilm, ativo desenvolvido para reparar, restaurar e hidratar 3 X mais os cabelos com danos extremos, além de proteger contra o ressecamento e a quebra. Os cabelos ficam resistentes, com estrutura e escamas regeneradas e pontas seladas.

Quando devo fazer o tratamento?

Cabelos drasticamente danificados necessitam de produtos específicos para restauração e hidratação profunda. Quando os cabelos estiverem com danos extremos, ressecados e com quebra capilar.
Ação da Linha Fortalecimento Anti Danos:
1 – Restauração intensa e profunda;
2 – Hidratação profunda;
3 – Proteção contra ressecamento e quebra;
3 X mais ação de reparação e proteção nos cabelos com danos extremos.

 photo page_zps2d2d198f.jpg

 Princípios Ativos:
– Kerafilm:
Protege os cabelos das agressões externas, melhora a hidratação dos fios e fornece elementos nutritivos que ajudam conferir força e brilho intenso aos cabelos. Trata os cabelos, da raiz até as pontas.
– Leite de Argan:
Possui ação anti-oxidante sobre a fibra capilar exposta as agressões externas, além de promover hidratação, maciez e suavidade aos fios ressecados. Restaura o brilho e elasticidade dos fios.
 photo page12_zps3499dd90.jpg

Minha opinião:Usando há duas semanas realmente é tudo isso que o fabricante apresenta, dá pra sentir os cabelos hidratados,diminui-o o ressecamento, parou de cai, tem um cheiro maravilhoso e com um frescor muito agradável, o esposo também aprovou. Agradeço a Gota Cosméticos amei e recomendo. 


Compartilhe este post
Pin It

4-dicas-para-você-parar-de-gritar-seus-filhos

4 Dicas para você parar de gritar seus filhos, pode não ser fácil mais não é impossível Requer tempo dedicação e atenção para si própria e esqueça as frases “já tentei” “Não consigo” , reparei também que depois dessa lei da palmada, em “substituição” das palmadas, a maioria dos pais anda gritando com os filhos.

 Sim, eu também grito com os meus. Eu não gosto, mas grito. Por outro lado, tenho que reconhecer que grito muito menos hoje em dia.
 Um dia não recordo o que houve mais não tem justificativa para tal eu gritei minha filha Isa de tão nervosa que fiquei ela chorou e eu comecei a chorar junto a que ponto que eu me disse tenho que mudar já. Mas a lembrança daquele dia, para mim, é trágica. Eu não acho que  a minha filha tenha mudado nenhum dos comportamentos dela por causa dos meus gritos. A única coisa que ela aprendeu foi a ter medo de mim. Aonde o que sempre quis foi ser amiga.
 Os meus pais sempre gritaram comigo daquele jeito. Eles não tinham receio de me bater. Eu me achava uma pessoa melhor por não bater nas minhas filhas, mas tenho certeza de que gritar, assim como bater, é uma solução de curto prazo que, no fim das contas, provoca mais mal do que bem.
 Sabemos que não é de berros que as nossas famílias precisam. Bons pais sabem que precisam modelar o comportamento que desejam ver nos filhos. Apesar disso, nós ainda gritamos. Gritamos, em geral, porque ficamos desesperados, cansados, frustrados, irritados e não sabemos mais o que fazer.
 Para você parar de gritar seus filhos, você tem que reconhecer que gritar é ruim para a  família. Você percebe isso quando as crianças começam a gritar de volta. Esse não é o tipo de família com que você sonhou. Não é a família amorosa que você queria para os seus filhos.
 A pior gritaria é aquela que envolve insultos e xingamentos.(não foi meu caso) Existe até uma pesquisa que mostra que esse tipo de gritaria é mais prejudicial do que as próprias palmadas. A pesquisa aponta que os efeitos prejudiciais da gritaria não são atenuados nem sequer pelo grau de amor, apoio emocional e afeto entre pais e filhos. Nem pela força do vínculo pais-filhos. Em outras palavras, “gritar por amor” é uma coisa que simplesmente não existe.

4 Dicas para você parar de gritar seus filhos que me ajudaram 

1. Pensar antes de agir.

 crie uma lista de disciplina na mente, para quando a criança se comportar de modo inadequado, você estará pronto a disciplina sem levantar a voz

2. Reconheça que gritar é ruim.

 Momentos de raiva pode ser justificada, mas os gritos não, são. O que você faria no trabalho se estivesse com essa raiva? Espero que você não grite! Encontre outras formas de manifestar para os seus filhos que você está com muita raiva.  

3. Cuide melhor de si mesmo.

 Cansado? Com sono atrasado, com fome, deprimido, sobrecarregado, chateado? Reconheça as suas próprias necessidades e cuide de si mesmo. Gritar parece um mecanismo de defesa extremo, que nós usamos quando falha o resto dos mecanismos. Não se permita chegar a esse ponto. 

4. Peça desculpas.

 Se você perdeu a paciência e gritou, peça desculpas. Sim, peça desculpas, até mesmo para os seus filhos bem pequenos. Todos vocês vão se sentir melhor depois disso, pois somos pais e até os melhores erram, mas o importante é reconhecer que errou.
Aprendi fui mãe nova e sem muitas instruções a internet veio quando minha filha estava com 5 ou 6 anos e foi nela que aprendi varias coisas até mesmo como educar meus filhos, pois como relatei eu apanhava e sim recebia vários gritos, o que não queria pra minha família, nunca gritei a Gabi alias depois do nascimento dela nunca mas gritei assim já me exaustei, um pouco, não sou perfeita, mas quero ser a melhor mãe que posso ser, melhorando a cada dia.  


Compartilhe este post
Pin It

Alguns Motivos para Amar estar Gravida

 A gravida senti muitas coisas, mais também sente muitas emoções e tem muitos motivos para amar estar gravida

Alguns-Motivos-para-Amar-estar-Gravida

Gravida, sente muitos enjoos,faz uma baterias de exames,  sente doses extras de cansaço, dores nas costas e tem preocupações que nunca imaginava ter. Mas, calma, quando bater aquele cansaço, enjoos e azia lembre-se de que você também está cheia de motivos para comemorar. Estar grávida é também motivos para amar trago alguns motivos que nos faz amar estar gravida, pensando nisso pesquisando algumas razões na revista Crescer para esse momento também ter motivos bons e  poder usar e abusar de algumas coisas que as gravidas podem nesse momento especial

  •  Ter todos os seus desejos realizados, por mais malucos que sejam;
  •  Sair ótima nas fotos sem precisar encolher a barriga e se elogiada pelo lindo barrigão;
  •  Vestir roupas mais confortáveis sempre que tiver vontade e ainda receber elogios;
  •  Ficar simplesmente linda naquela blusa mais decotada;
  •  Esquecer o significado da TPM, uma das melhores partes;
  •  Tirar uma soneca gostosa durante a tarde sem ninguém olhar feio;
  •  Encontrar vagas e assentos reservados pra você;
  •  Ser a mais paparicada da família;
  •  Usar mais da metade da cama sem ouvir reclamações;
  •  Estar sempre em boa companhia.

Então espero que tenham gostado e abusem do que vocês podem fazer enquanto estiver gravida, pois afinal de contas você estar carregando o maior tesouro dadsua vida e serão por 09 meses sendo apenas um e tudo isso vai passar, então aproveita cada segundo. 

Até a proxima bjs Nanda


Compartilhe este post
Pin It
beijar a boca do bebê
Entrei num dilema aqui em casa, beijar ou não a boca dos bebês, pois beijar é um ato normal e cotidiano que realizamos muitas vezes durante o dia para saudar um conhecido, para nos despedirmos de nosso esposo antes de ir trabalhar, como cura para uma ferida de uma criança ou como mostra de carinho. Costumamos dar beijos no rosto e às vezes chega até ser uma expressão tão rápida e quase banal que os nossos lábios não conseguem tocar a pele da outra pessoa. Mas há outros beijos que damos na boca, normalmente no nosso esposo e em muitos casos nos nossos filhos. O que você acha de beijar a boca dos bebês?

Por que não deveríamos beijar os bebês na boca?

Beijo na boca dos bebês. Sim ou não?

Beijar na boca dos nossos filhos é um ato muito comum em muitas famílias, um costume que acontece de forma natural, como quem dá um beijo no rosto.li na net que pode ocorrer de o resfriado serem passado de um para o outro sistematicamente, durante um duro inverno ai deve se tomar hábitos mais assépticos.

Essas são as teorias contra o beijo na boca das crianças:

– A razão principal de quem acredita não ser correto, é médica: creem que é um ato que pode transmitir doenças ao bebê tais como gripe, resfriado ou mais graves como a mononucleose.
– Para outras pessoas é inaceitável dar um beijo na boca de uma criança, ainda que seja seu filho, já que acreditam que está relacionado com uma “conduta sexual”, reservada apenas para casais.
– À medida que as crianças vão crescendo não é correto continuar com o costume, já que por um lado poderia ser objeto de gozações na escola ou a criança poderia confundir esse costume e tentar repetir com seus amigos.

Essa é a teoria principal a favor de beijar o bebê na boca:

– É um ato de carinho e amor sem nenhuma conotação, que cria um vínculo mais próximo entre pais e filhos. Não tem nenhuma conotação sexual ou seja, só é a expressão do amor entre pais e filhos. Abraçar e beijar crianças é normal para um bom desenvolvimento emocional.

E você, o que acha?

Compartilhe este post
Pin It