Oração da tentante

Oração da tentante
À espera do meu milagre

matiz

Oração da tentante

De tudo fiz e de tudo tentei, Senhor. Foram dias e horas e lágrimas que perdi. A esperança não.

Porque tenho fé. Tenho fé na pureza da vontade que me move. Tenho fé no plano inabalável da minha feminilidade. Tenho fé no amor que vibra no meu coração, à espera de se dar a alguém. Tenho fé na vida.

De tudo fiz e de tudo tentei para engravidar, Senhor. Nos braços amantes do meu companheiro fiz promessas de um amanhã a três. Fizemos contas aos dias. E testes, sempre negativos.

Tentámos de novo. E mais uma vez depois dessa. Amantes na partilha de um desejo maior do que o prazer. Amantes da promessa de uma casa mais cheia, de uma vida mais plena. Tentei. Tentámos, Senhor.

Quando não funcionou, tentante que sou, foi nas mãos abertas do médico que coloquei questões e confiança. E, depois dele, nos tratamentos de fertilidade. Não sei que segredo se esconde no meu ventre, que nenhum ser gera e nenhuma esperança cumpre.

É uma infertilidade à qual chamo tristeza e que me mói a alma.

Das corridas para o médico, para a clínica, para os tratamentos hormonais e in-vitro. Senhor, dos meios dos homens tentei todos e nenhum cumpriu a promessa feita e difundida de pôr em mim um sorriso de mãe.

Humildemente, Senhor, enquanto tentante, recorro a ti. Não trago pedidos soltos. Venho com a gratidão. A gratidão por me teres feito mulher. A gratidão por me teres feito amar e ser amada em medida igual.

A gratidão por me teres posto no caminho deste companheiro que comigo partilha, não só a vida, mas também projetos e sonhos. Agradeço-te, Senhor, porque é fácil esquecer as bênçãos recebidas quando o desejo nos é negado. Não as esqueço! Sei bem a sorte efetiva que me molda os passos, sempre sob o teu olhar divino e complacente.

É a par com o profundo agradecimento que trago o pedido. Senhor, não sou apenas mulher. Sei que, no meu semblante, encontras traços da mãe que eu poderia vir a ser.

Sou uma tentante.

Quero criar o meu filho na graça das tuas palavras e na linha dos teus ensinamentos.

Quero fazer com que ele cresça, saudável e feliz, para ser bom e justo. Quero ensinar-lhe a importância dos outros e quero que ele venha, um dia, a ensinar aos meus netos tudo isto, impulsionando um mundo que conheça melhor a força da tua Palavra.

Não prometo, Senhor, que não falhe nesta tarefa, posto que o mundo se ofende com a bondade. Mas prometo agir sempre no sentido da construção dessa realidade que moldou a criação do Mundo.

Senhor, olhando ao espelho encontro metade de mim. E agradeço essa metade perfeita que se reflete. Mas a outra metade ainda não nasceu. Ainda não se fixou no meu útero.

Ainda não se desenvolve e cresce. Não me verei inteira até me ver com um filho nos braços. Não me verei inteira até ser mais do que eu.

Eu entendo, Senhor, a provação. E sei que no mundo há quem viva com necessidades mais prementes, mais intensas e mais vitais.

Não peço esta graça por desprimor à necessidade alheia. De olhos bem abertos, sei que é este o meu chamamento e o meu papel no mundo: criar alguém que olhe e veja também essa realidade, que a contrarie, que transporte, por mais uma geração, os valores que podem transformar a nossa existência numa existência mais justa onde sejamos, de verdade, todos irmãos.

Se for abençoada com mais esta graça – se passar de tentante a mãe – farei, garanto, o meu melhor. Do primeiro dia até ao meu último sopro, viverei para criar, amar e ensinar o meu filho a amar como nos ensinaste a amar; a respeitar como nos ensinaste a respeitar; a construir como nos ensinaste a construir.

Mesmo depois de tantas falhas, Senhor, eu tenho fé. Porque não acredito que um mundo tão grande não tenha o espaço para me dar um filho. Porque não acredito que um Deus tão grande não tenha o poder de me dar uma oportunidade.

Mesmo depois de tantas falhas, acredito no milagre. Porque sei que o milagre é a vida e que a vida se renova a cada amanhecer.

É de olhos no alto e coração aberto que deposito este pedido no meu banco de orações, para que saibas como quero criar alguém à imagem das palavras sagradas, que nos impelem a sermos melhores. Para que saibas que acredito na força e no poder do que ainda não é concreto e evidente.

De tudo fiz e de tudo tentei, Senhor. E de tudo farei, de tudo tentarei. Foram já dias e horas e lágrimas que perdi. Por caminho, fui perdendo. Tanto, tanto… mas nunca a fé. Nunca a esperança.

Transporto-as comigo. E sei que, um dia, brevemente ou daqui a mais tempo, será com um filho nos braços que terei um novo agradecimento celeste para estender.

Até esse momento, permaneço à espera da tua bênção, do teu toque, do teu milagre. E permaneço de cabeça erguida, seguindo o caminho do meu destino.

Um dia, tal como tantas antes de mim, sei que ouvirás esta prece. E terei nos braços o meu filho. E hei-de amá-lo como tu, Senhor e Pai, nos amas a todos.

Fica o desejo no ar de que se cumpra, em mim, a maternidade. Que assim seja. Que assim se faça. Se essa for, também, a Tua vontade.

Assinado: Uma Tentante

Fonte: https://goo.gl/G1JvtI


Comentários
3
Compartilhe este post
Pin It

Feliz Ano Novo

Photobucket
Olá meninas lindas que aprendi a amar e a respeitar, a cada dia mesmo não conhecendo-as pessoalmente mais é como se conhece-se, cada uma.Então 2013 esta na porta a bater, e ás 00:00 ele vai entrar não temos como recuar apenas seguir e que esse nosso seguir, seja cheio de esperança, amor, paz, alegria, motivação e nunca de desistência, temos que seguir pois o dia tem 24 horas as horas não param e o dia vai passar e se tornaram meses e depois chegará de novo o fim, o fim do ano, então vamos fazer novas perspectivas para as Tentantes de uma certa maneira tudo depende de você, da sua fé da sua motivação e entender o que o Senhor quer de você, não pode desisti de seu filho, mesmo ainda não estando em seu ventre ele já existi em sua mente.Para Gestante parabéns pois conseguiram uma fase importante gerou uma vida em seu ventre a caminhada ainda é longa mas sua paciência e força foi essencial, valeu com certeza por não ter desistido és o fruto.Para as Mamães de Anjo que Deus lhe dê forças para entender, e te ajude a compreender os seus propósitos, sei que Ele tem o melhor para vocês.Para as Mamães que já estão segurando seus milagres em seus braços, que gostoso e prazeroso é sentir o sabor da luta vencida, o sabor da vitória do presente que Deus lhe concebeu, meus parabéns.
Mas não é só isso minha amigas desejo cada dia mais união entre vocês e seu maridos, que cada dia vocês vejam o poder de Deus,
em cada manhã fazer o sol brilhar para nós de novo outra vez.
Feliz 2013
Feliz 2013 bjs  

Compartilhe este post
Pin It

Na Dispensação do Senhor

PhotobucketBom dia minhas amigas como vocês estão minhas lindas?
eu estou bem, graças a Deus, pois Ele tem sempre confortado meu coração fez no dia 4 agora 2 meses que minha menstruação não desce, me sinto com um mau estar horrível e por mim mesma suspendi o meu medicamento o metformina pois não tava me sentindo bem, esse mês estou um pouco impossibilitada para ir na Go pois a grana tá curta devo marcar para mês que vem pra ela rever o medicamento, sobre a menstruação que não desceu ela sempre foi assim doidinha já fiz teste de farmácia e nada final do mês caso não desça e eu sinta algum sintoma vou fazer um beta por desencargo de consciência. 
Para as meninas que tiveram seus positivos Parabéns
para as que ainda estão no aguardo Força


Lindo Dia meninas bjs


Compartilhe este post
Pin It
Photobucket
Olá meninas o texto é logo mais vale apena fui muito edificada por ele e venho compartilhar.

Tinha ele duas mulheres: uma se chamava Ana, e a outra, Penina; Penina tinha filhos; Ana, porém, não os tinha. 1 Samuel 1:2.
Ana era uma pessoa piedosa que amava a Deus. Era casada com Elcana. Mas havia um vazio na vida de Ana: ela não tinha filhos. Seu grande projeto de vida era dar à luz um filho. O seu sonho era legítimo, puro, digno. Ela queria ser mãe; mas era estéril. Na sua cultura, a esterilidade era uma maldição, uma vergonha, uma desgraça. Por causa disso, Ana capitulou-se à tristeza e à depressão. Ela chorava copiosamente e seu semblante descaiu. Ela não conseguia comer. Sua dor era profunda. As palavras já não brotavam dos seus lábios. Só conseguia balbuciar seus gemidos diante de Deus. Mas por que Ana era estéril? Por que seu sonho de ser mãe estava sendo adiado? Por que foi vitimada por uma doença incurável, que carregava um profundo peso de ostracismo social? A doença de Ana não era provocada por um pecado que ela teria cometido. Também não se originava de alguma maldição hereditária nem muito menos resultado de ação satânica. O texto bíblico é claro em afirmar que Deus a deixou estéril. 1 Samuel 1:5 A Ana, porém, dava porção dupla, porque ele a amava, ainda mesmo que o SENHOR a houvesse deixado estéril.

Por que Deus, sendo amoroso e misericordioso, nos permite passar por situações dolorosas? 
Ele não tem prazer em ver os seus filhos sofrendo. 
Ele sempre tem o melhor para nós. Mas então por que ele adia a realização dos nossos sonhos?
Talvez esse seja o grande dilema da sua alma: ver os seus sonhos sendo arrastados na correnteza do tempo.
Como Ana, você tem projetos claros, sonhos legítimos, mas eles não se concretizam. Você luta, mas não vê os seus desejos cumpridos.
A Bíblia diz que a esperança que se adia adoece o coração. 
A esperança que se adia faz adoecer o coração, mas o desejo cumprido é árvore de vida. Provérbios 13:12.

Regozijai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, na oração, perseverantes. Romanos 12:12.
Parece que nada está acontecendo, mas com Deus no controle alguma coisa está acontecendo. Nossa vida não está solta ao léu, sem rumo.
Não somos guiados por um destino cego. Não somos jogados de um lado para o outro ao sabor das circunstâncias. 
Nossa vida está nas mãos do Rei do universo. Ele é Todo poderoso, é bom e fiel em todas as suas obras.
Ele trabalha de tal forma em nossa vida que “todas as coisas cooperam para o nosso bem”. 
Ele sabe o que faz com a sua e a minha vida. Ele está no leme, não tenha medo da tempestade. 
Ele está no controle da sua história, não se desespere. Ele pode o impossível, não desista de seus sonhos. 
Ele tem sobejas razões para adiar a realização dos seus sonhos. A questão é: por que Deus adia a realização dos nossos sonhos?
Para que compreendamos que o Deus das bênçãos é melhor do que as bênçãos de Deus. É exatamente isso que Ele quer nos mostrar nesta noite.
Ainda que a minha carne e o meu coração desfaleçam, Deus é a fortaleza do meu coração e a minha herança para sempre. Salmos 73:26.
Os problemas nos aproximam de Deus. É no vale que olhamos com mais intensidade para as alturas. É na crise que recorremos com mais pressa a Deus. Quando os nossos sonhos não se realizam, temos necessidade de buscar a Deus. É nessas horas que aprendemos a profunda lição que Deus adia os nossos sonhos para que o coloquemos em primeiro lugar em nossa vida. O Deus das bênçãos é melhor do que as bênçãos de Deus. A intimidade de Deus é a maior necessidade da nossa vida. Estar com Deus é a maior prioridade da nossa agenda. Pois todo aquele que morreu e ressuscitou com Cristo, desejará ardentemente desfrutar da sua doce comunhão, pois está é a principal necessidade do regenerado. 1 João 1:3b. Ora, a nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho, Jesus Cristo.
Deus age no seu tempo. Ele não se deixa pressionar. Ele é livre e soberano. Muitas pessoas querem determinar o que Deus deve fazer, como deve fazer e até mesmo quando deve fazer. A resposta de Deus não vem segundo o nosso tempo, pela pressão da nossa agenda. Deus tem o seu tempo certo de agir. Ele, muitas vezes, protela os nossos sonhos para realizar coisas maiores em nosso favor.

Ana orou a Deus
Notem que Ana não revelou o seu pedido a ninguém; isto era algo entre ela e Deus. Até mesmo quando Eli a questionou ela apenas falou da sua aflição, mas guardou com ela seu voto e sua súplica. Depois de orar, descansou.
Conclusão: Ana era uma mulher próspera, bem casada, amada, mas infeliz. Ela buscou no lugar certo, com o propósito certo, de maneira que agradou ao Senhor que a ouviu e atendeu e ela recebeu do Senhor além de Samuel, mais três filhos e duas filhas.

FONTE:http://porquevocenaovaimaisaigreja.blogspot.com.br/2010/12/as-bencaos-de-deus-ou-o-deus-das.html


Compartilhe este post
Pin It