Bebês que dormem no quarto dos pais têm menor risco de morte súbitas prática deve ser adotada pelo menos durante os seis primeiros meses de vida.

BEBÊS

Bebês que dormem no quarto dos pais têm menor risco de morte súbitas

Os recém-nascidos deveriam dormir no mesmo quarto que os seus pais, mas em seu próprio berço, para reduzir os riscos de mortalidade relacionados com o período de sono, como a síndrome da morte súbita do lactente (SMSL), segundo novas recomendações da Academia Americana de Pediatria (AAP).

Esta prática deve ser realizada pelo menos durante os seis primeiros meses de vida e, se possível, até o bebê completar um ano de idade, afirmou a associação médica, que observou que colocar o bebê para dormir no quarto dos pais reduz em até 50% o risco de morte súbita.

O relatório foi apresentado na segunda-feira na conferência anual da AAP, que é realizada em São Francisco, na Califórnia, e foi publicado no site da revista médica “Pediatrics”. Trata-se da primeira atualização das recomendações da AAP desde 2011 para criar um ambiente de sono mais seguro para os lactentes.

“Sabemos que os pais podem se ver extenuados com a chegada ao mundo de uma criança, e queremos lhes proporcionar um guia claro e simples sobre a forma e o lugar para eles dormirem”, explica Rachel Moon, autora principal das recomendações.

Cerca de 3.500 bebês morrem nas suas camas a cada ano nos Estados Unidos, devido principalmente à SMSL e à asfixia acidental.

O índice de mortalidade de recém-nascidos diminuiu na década de 1990 após o lançamento de uma campanha nacional para melhorar sua segurança durante as horas de sono, mas depois se estagnou.

O relatório da AAP recomenda deitar os bebês de barriga para cima em uma superfície firme no berço, coberta com um lençol bem esticado, assim como evitar cobertores, travesseiros ou bichinhos de pelúcia que possam cobrí-los e gerar um calor excessivo.

Os bebês correm um risco maior de morte súbita entre o primeiro e o quarto mês de vida, mas novas descobertas mostram que os cobertores, travesseiros e outros objetos moles são perigosos inclusive para os bebês maiores de quatro meses, afirma a AAP.

Os estudos também mostram que colocar o bebê para dormir com a barriga para cima reduziu 53% a mortalidade por SMSL entre 1992 e 2001.

Contato mamães e bebês

Nas suas novas recomendações, os pediatras americanos insistem também na importância do contato físico entre a mãe e o recém-nascido imediatamente após o nascimento, independente do tipo de parto.

Com isso, o bebê é mais feliz e a sua temperatura corporal é mais normal e estável, assim como seu ritmo cardíaco, afirmam os médicos.

O contato com a pele da mãe faz com que o recém-nascido conviva com as mesmas bactérias e desenvolva, assim, seu sistema imunológico.

De acordo com a AAP, esse contato física com a mãe e o leite materno parecem ser importantes para a prevenção de alergias. Amamentar os bebês também aumenta a proteção contra a SMSL, segundo o estudo.

 

Fonte: O Tempo

Comentários
0
Compartilhe este post
Pin It

Enxoval do bebê lista completa

Lista de Enxoval do Bebê

Veja nossa lista de enxoval de bebê com os itens que não podem faltar. Você pode imprimir a lista e levar com você para não esquecer de nada.

Toda roupa deve ser de algodão, de preferência, devendo ser lavadas sem exceção, com sabão neutro ou sabão de coco, não colocar nada no enxague para deixar com cheirinho, pois seu bebê pode ser alérgico.

ENXOVAL DO BEBÊ

Enxoval do bebê

Abaixo você encontra duas  sugestão de enxoval de roupinhas para o bebê, uma sugestão é para bebês que nascerão e viverão os primeiros meses em locais quentes e a outra é para os que nascerão no inverno e principalmente viverão em locais mais frios, como os estados do sul do Brasil.

Opção 1 – Enxoval de roupinhas para bebês que viverão em locais onde predominam as Temperaturas Mais QUENTES:

Para Recém- Nascidos

(do nascimento até 30 dias de vida)

quantidade        item      tamanho

6             body manga curta           RN / PP

3             body manga longa          RN / PP

4             calça (culote/mijão) com pé ou sem pé                RN / PP

2             macacão longo RN / PP

2             casaquinho        RN / PP ou P

3             pares de meia   RN / PP

1             saída maternidade         RN

Bebês prematuros: as peças RN poderão ficar muito grandes, procure por marcas que possuem o tamanho prematuro.

Tamanho RN ou PP são o mesmo tamanho. Algumas confecções adotam RN outras PP.

Para Bebê entre 1 mês e 3 meses

quantidade        item      tamanho

8             body manga curta           P

2             body manga longa          P

6             calça (culote/mijão) com pé ou sem pé                P

4             camiseta manga curta   P

2             camiseta manga longa  P

6             macacão curto  P

2             macacão longo P

3             pares de meia   P

Normalmente o tamanho P serve para bebês de 1 a 3 meses de idade.

 

Para Bebê entre 3 mês e 6 meses

quantidade        item      tamanho

6             body manga curta           M

2             body manga longa          M

6             calça (culote/mijão) com pé ou sem pé                M

4             camiseta manga curta   M

2             camiseta manga longa  M

6             macacão curto  M

2             macacão longo M

6             pares de meia   M

Normalmente o tamanho M serve para bebês de 3 a 6 meses de idade.

Para Bebê entre 6 mês e 9 meses

quantidade        item      tamanho

6             body manga curta           G

2             body manga longa          G

6             calça (culote/mijão) com pé ou sem pé                G

4             camiseta manga curta   G

2             camiseta manga longa  G

6             macacão curto  G

2             macacão longo G

6             pares de meia   G

Normalmente o tamanho G serve para bebês de 6 a 9 meses de idade.

 

Opção 2 – Enxoval de roupinhas para bebês que viverão em locais onde predominam as Temperaturas Mais Frescas ou FRIAS:

Para Recém- Nascidos

(do nascimento até 30 dias de vida)

quantidade        item      tamanho

6             body manga longa          RN / PP

6             calça (culote/mijão) com pé ou sem pé                RN / PP

4             macacão longo RN / PP

2             casaquinho        RN / PP ou P

3             pares de meia   RN / PP

1             saída maternidade         RN / PP

Bebês prematuros: as peças RN poderão ficar muito grandes, procure por marcas que possuem o tamanho prematuro.

Tamanho RN ou PP são o mesmo tamanho. Algumas confecções adotam RN outras PP.

Para Bebê entre 1 mês e 3 meses

quantidade        item      tamanho

6             body manga longa          P

6             calça (culote/mijão) com pé ou sem pé                P

6             macacão longo P

3             pares de meia   P

Normalmente o tamanho P serve para bebês de 1 a 3 meses de idade.

Para Bebê entre 3 mês e 6 meses

quantidade        item      tamanho

2             body manga curta           M

8             body manga longa          M

8             calça (culote/mijão) com pé ou sem pé                M

6             macacão longo M

6             pares de meia   M

Normalmente o tamanho M serve para bebês de 3 a 6 meses de idade.

Para Bebê entre 6 mês e 9 meses

quantidade        item      tamanho

2             body manga curta           G

8             body manga longa          G

8             calça (culote/mijão) com pé ou sem pé                G

6             macacão longo G

6             pares de meia   G

Normalmente o tamanho G serve para bebês de 6 a 9 meses de idade.

Escolha a opção 1 ou 2 e depois complete o enxoval com os itens abaixo:

Complementos para o enxoval do bebê

3 babadores

4 viras de mantas

2 mantas de lã

2 mantas de linhas ou algodão

1 cobertor

4 jogos de lençóis e fronhas

2 colchas

1 jogo de protetor de berço

1 travesseiro

3 toalhas felpudas

3 toalhas fraldas

1 dúzia de fraldas de pano (caso você opte por usar as descartáveis, estas servirão de apoio à troca de fraldas, às mamadas e alimentação, etc.)

8 pacotes de fraldas descartáveis tamanho pequeno

8 pacotes de fraldas descartáveis tamanho médio

Troca e banho:

1 creme para prevenção de assaduras

1 fita adesiva (para caso for utilizar as fraldas de pano ou a fralda descartável apresente problema no adesivo)

1 caixa de cotonete

1 escova

1 pente

1 tesourinha romba (arredondada)

1 garrafa de álcool 70%

2 pacotes de algodão

1 pote de lenços umedecidos, ou melhor ainda, tenha uma garrafa térmica com água morna para higiene do bebê

1 sabonete líquido neutro

1 shampoo

1 termômetro

1 lixeira com pedal

1 porta roupas sujas

1 trocador

1 cesta para colocar as miudezas de troca

1 banheira (observando que deve ser de fácil limpeza sem reentrâncias que possam acumular sujeiras)

Quarto:

1 abajur

1 berço com cuidado de medir o espaço entre as grades, que não deve ultrapassar 6 cm

1 cômoda dando preferência a uma que já possa funcionar como trocador

1 mosquiteiro

Passeios:

1 carrinho com Moisés

1 bebê conforto (assento para o bebê) – teste a instalação em seu carro assim que comprar.

2 bolsas (1 pequena e 1 grande com trocador)

Alimentação:

1 cadeirão

1 jogo de prato

1 jogo de talheres para bebê

Espero que tenham gostado das dicas e que te ajudem a fazer um lindo Enxoval do bebê

 


Comentários
0
Compartilhe este post
Pin It

Ansiedade Infantil Como Controlar

  Ansiedade Infantil Como Ajudar Nossos Filhos

Ansiedade
Ansiedade é uma combinação complexa de sentimentos de medo, apreensão e preocupação, geralmente acompanhada de sensações físicas como palpitações, dor no peito e/ou falta de ar. Ansiedade pode existir como uma desordem cerebral principal, ou pode estar associada a outros problemas médicos incluindo desordens psiquiátricas.
A Ansiedade é um sentimento natural tanto na infância como em qualquer outra etapa da vida. Crianças de 8 meses de idade podem apresentar sintomas de ansiedade sempre que se separam dos pais. Isto é normal. Entre os 6-8 anos de idade, a ansiedade se volta para o desempenho escolar e o relacionamento com os coleguinhas. Crises de ansiedade também podem ocorrer quando a criança passa por mudanças significativas como troca de escola ou de casa, falecimento de entes queridos, chegada de novos irmãozinhos, separação dos pais e etc.
Seja uma porta aberta.
Não julgue: ajude. Crianças excessivamente ansiosas precisam de apoio e expectativas positivas, mas só irão procurar sua ajuda se tiverem certeza de que não serão hostilizadas ou ridicularizadas. Cobre disciplina na mesma medida em que você demonstra seu afeto, e certifique-se de que sua disciplina está sendo passada em um formato motivador.
Retire o excesso de peso.
Uma criança de 11 anos ainda é apenas uma criança, não a miniatura do adulto que você gostaria que ela fosse. Não cometa o erro (terrível) de impor seu nível de maturidade às responsabilidades dela.
O excesso de carga também diz respeito às estratégias de comportamento utilizadas por muitos pais. “A criança tem medo de escuro? Tranque-a sozinha em um quarto sem luz por alguns minutos, ela verá que nada de mal acontece”. Excelente! Ao bater de frente dessa forma, você acabou de descobrir uma nova maneira de corroer o elo de confiança entre vocês.
O mais recomendável é liderar pelo exemplo. Se a criança fica aterrorizada com cachorros, você não precisa atravessar a rua toda vez que avistar um. Segure a mão da criança, mantenha tranquilamente seu rumo e passe a mensagem correta: nada de fobias. Não confronte, mas não evite. O segredo em todas as situações é combinar Bom Senso com Perseverança, contando sempre com a ajuda do tempero mais precioso da educação, o Tempo.

Como identificar a ansiedade na criança

A criança ansiosa não se concentra no momento atual. Até os 6 anos, a insegurança é a principal característica. Ela tem medo de tudo e dificuldades em passar as etapas do seu desenvolvimento, como largar as fraldas ou a chupeta.
Em idade escolar, o desempenho nos estudos pode ser prejudicado, por não conseguir acompanhar as explicações do professor. Quando está brincando, ela pode atropelar a colega. Se o jogo é de tabuleiro, por exemplo, ela quer jogar a todo o momento e não sabe esperar sua vez. Se for menor, e o brinquedo é de encaixar, pode não conseguir realizar a atividade da maneira que gostaria.
É claro que, se o seu filho está em época de provas, esperando por uma viagem ou festa de aniversário, ele vai ficar ansioso, mas são situações que não trarão danos para a sua vida. Vale o bom senso dos pais para observar a criança. O problema é quando o sono, a alimentação, o desenvolvimento educacional e social da criança são afetados.

Como os pais podem ajudar os filhos

– Ensine seu filho a respirar bem devagar, para que ele se acalme;
– Ao contar uma história, se perceber que ele está disperso, chame-o com carinho e o envolva novamente no enredo;
– Converse com seu filho. Se perceber uma mudança no comportamento, ajude-o a se expressar, a nomear o que está sentindo;
– Ofereça saídas práticas. Se estiver muito ansioso por causa de um evento, ajude-o a se distrair, sem fazer comentários sobre seu comportamento. Se estiver comendo muito rápido, peça que acompanhe o seu ritmo;
– Proponha atividades físicas. Elas relaxam e colocam a criança no presente.
Se perceber que a rotina e o desenvolvimento da criança estão prejudicados por conta da ansiedade, procure ajuda de um profissional.

Comentários
9
Compartilhe este post
Pin It

Esterilizador de mamadeiras e chupetas

Aprenda como limpar e a usar o esterilizador de mamadeiras e chupetas 


Olá mamãe e papais de plantão!!!

Hoje vamos falar sobre a importância de limpar e esterilizar as mamadeiras e chupetas de forma correta.
Esterilizar é fundamental para destruir todo tipo de bactérias que podem ficar no local e isso é importantíssimo para a saúde dos bebês, já que eles ainda não têm imunidade suficiente para combater esses “bichinhos”.
Hoje em dia eu não esterilizo mais as coisas dos meu pequeno mas, até quase o 1 ano e meio eu fazia esse ritual foi diário e fundamental! 
Neste post, vou ajudar a esclarecer as formas de esterilização e dar algumas dicas com relação à limpeza desses objetos.
E vocês: o que usam para limpar e por quanto tempo esterilizaram as mamadeiras e chupetas dos pequenos?
Vamos conferir as dicas???



Tipos de esterilização:


Esterilizador a vapor para microondas:
Esse foi o que usei com o Rafael e AMEI!! 

Achei superprático e simples de usar! 
Basta colocar água até a marca indicada, inserir os objetos já limpos e desmontados e colocar por 6 minutos no microondas! 

Se o esterilizador for mantido fechado, o conteúdo fica esterilizado por 24 horas!

esterilizador
esse modelo é igual o meu


É importante lembrar de checar o tamanho do seu microondas e do esterilizador antes de comprá-lo, para não ter a ingrata surpresa dele não caber!
Esterilizador a vapor de tomada:

Esterilizador a vapor de tomada




Nunca usei esse modelo, mas é um produto excelente para se ter em casa!
Você pode colocar no banheiro do quarto e deixar junto com um detergente e esponja, na pia do banheiro. Assim, quando a criança mamar de madrugada você não precisa ir até  a cozinha para esterilizar! 
Facilita bastante a vida das mamães!!

Esterilização a vapor na panela:

Para quem não quer comprar um esterilizador ou não pode comprar no momento, ou está em algum lugar que não tem, pode optar por uma esterilização manual!

Aquela feita pela nossa mãe rsrsrs que é também muito eficiente. 
Para fazer esta esterilização basta ter uma panela e água!

Esterilizando mamadeiras na panela

 

veja o passo a passo de como usar um esterilizador de mamadeiras com panela e água:

1) Lave os objetos separadamente (como faria se fosse colocar nos esterilizadores).

2) Encha uma panela com água e ferva por aproximadamente 5 minutos.

3) Em seguida, mergulhe os utensílios na água fervente e deixe aquecendo por mais 10 a 15 minutos.

4) Retire os objetos ainda quentes com uma pinça apropriada e deixe-os secar naturalmente.

Cuidado para não deixar tempo de mais, isso pode danificar as mamadeiras, minha irmã uma vez esqueceu a panela no fogo e chegou a derreter as mamadeiras (risos).

Qual a freqüência para se esterilizar as mamadeiras? 

Depois da mamada ou sempre que ela for utilizada com outros líquidos, como sucos e etc. O processo pode ser feito com duas, três ou até mais mamadeiras de uma só vez.

 
Espero que tenham gostado das dicas!!!
Beijinhos!!!
 

 

 

*Imagens retiradas da internet
 
Espero ter ajudado vocês!!
Beijinhos até a próxima!!!
Shairane Mello

Comentários
5
Compartilhe este post
Pin It