Bebê Desenvolvimento- 1 Ano e 10 Meses da Gabi

Hoje nossa pequena está completando 22  meses, nessa fase ela vem deixando de ser o meu bebê para passar a ser “ela mesmo”. O melhor que pode fazer é deixá-la crescer dando-lhe todo o apoio que ela precisar. Nesta idade a criança passa a ter uma inteligência pré-operatória, imitando as pessoas e desenhos que assiste a descobrir a causa-efeito e a melhorar a própria compreensão espacial.

Bebê

Bebê

 

 Desenvolvimento social

Cada dia a Gabi vem mostrando mais independência. Começa a ter ideias próprias sobre aquilo que quer, por exemplo, ao que prefere jogar,o que quer assistir ou de que cor quer pintar o seu desenho. Neste momento também os resultados já interessam às crianças: estão contentes quando têm êxito e estão tristes quando não obtém o que desejam. Ela me abraça e ao mesmo tempo quer ir embora, mas sei que isso faz parte do processo de desenvolvimento, quer brincar com outras crianças, imita o papai e a maninha, fala frases que eu digo, reclama com a irmã como se eu estivesse reclamando, muitas vezes nem tem como não rir.

  Foto 15-12 84_zpshulkxzyq.jpg

Desenvolvimento da linguagem do bebê

O desenvolvimento do bebê começa a ser muito notável ao nível da linguagem. A Gabi já junta o substantivo ao verbo, sabe dá as respostas e se comunica de maneira simples, mais bem expressiva,  no entanto, não emprega determinantes nem preposições. É normal que muitos bebês só comecem a falar nesta idade. Em todo o caso, não deve preocupa pois cada criança tem o seu ritmo de desenvolvimento. A fase das perguntas são muitas o importante é responder de forma que ela se satisfaça e honestamente.

 foto 2015/03/31 14.39_zpsmbzu6sq5.jpg

Dicas de Jogos estimulantes seu bebê

Arco desenvolve a compreensão espacial;
Da ao seu bebê livros colorido, com números, animais, comida, etc.
Pronuncie em voz alta o nome de cada objeto e diga ao seu filho para repetir a seguir a si.

 Foto 15-12 82_zps6wfhjfcz.jpg
Bebê

Bebê


Compartilhe este post
Pin It

Filhos Independentes Serão Filhos Felizes

Todos os pais querem ter filhos independentes, mais para que isso ocorra é necessário autonomia essa palavra define o que os pais esperam quando os filhos se tornarem adultos. E para que essa independência ocorra, tem que ser de maneira gradual e sempre com elogios e incentivos desde pequeno.
FILHOS-INDEPENDENTES

Filhos Independentes Serão Filhos Felizes

Dicas para ter filhos independentes

1. Superproteção deixe isso de lado

Sim devemos cuidar dos nossos filhos, proteger e amar, porém sem exageros e se for cuidados por outras pessoas que sejam por adultos responsáveis para que os pequenos cresçam saudáveis.
Por que não devemos ser pais super protetores

Quando saber que está sendo super protetor, quando o filho não pode sair, andar ou fazer algo sem a presença de um dos dois por perto, temos que preparar nossos filhos para serem filhos independentes e essa preparação tem que começar enquanto o filho é pequeno pois o resultado será, adolescentes maduros e atentos aos perigos que podem ser oferecidos ao redor.

2. Ajudar a desenvolver sua capacidade

Não existe um manual para a criança começar a resolver problemas, mais os pais tem que incentivar e ensinar, como por exemplo amarrar o próprio cadarço, de forma divertida e com paciência, ajudando assim seu filho a se desenvolver, recordo que a Isa demorou para aprender a amarrar os cadarços, mais nada que o amor e a paciência não resolva. Nada de fazer as coisas pelo filho só por que não tem paciência que ele o faça por errar respire fundo e recomece.

Filhos Independentes Serão Filhos Felizes

3. Retire como revisões e rigidez

Evite criticar seu filho pois isso só vai o fazer ele regredir ou congelar o seu desenvolvimento, você o ama certo, então o correto é ensinar e corrigir ,ensinar com paciência e elogiar mesmo que o resultado seja muito diferente do esperado é sensato e edificante. Cobrar, gritar isso apenas destroem aos poucos a autoestima da criança e ela poderá ficar receosa de realizar qualquer tarefa, tornando-se dependente demais mesmo com coisas simples e não é o que você quer para ele você quer filhos independentes.

4. Conversar sempre

É normal a criança errar quando se é pedido que ela faça algo sozinho, por pior que seja a situação o melhor é conversar, nada de broncas e castigos apenas converse de maneira que a criança entenda que ela precisa aprender a fazer pois precisa ser independentes.
FILHOS INDEPENDENTES

Filhos Independentes Serão Filhos Felizes

5. Olha o abuso emocional

Nada de insistir na independência da criança dizendo que ela não faz nada, que é folgada ou incompetente. Cada um tem seu tempo. O exemplo dos pais é o melhor, e é necessário lembrar que cada pessoa tem o seu ritmo. Insistir em algo que a criança tem dificuldade, a realização usando o controle emocional poderá prejudicar a autoestima da criança além de lhe transmitir insegurança.
Para ter filhos independentes é necessários ser pais pacientes não esqueça isso.


Comentários
20
Compartilhe este post
Pin It
CADEIRINHA-DE-CARRO

Cadeirinha de Carro- Meu Filho Não Quer Usar

Quando nossa filha Gabi nasceu ela sempre ficou em seu devido lugar no carro, no bebê conforto, e quando chegou a hora de mudar para a cadeirinha por causa do peso atingindo 10kg, não foi nada fácil, ficamos alguns meses sem o carro e quando fomos usar a Gabi fez um auê, isso mesmo não queria ficar nela de jeito maneira, tive que agir com firmeza, muito amor, e manter á paciência foi essencial nesse momento.
O que fiz :Levamos ela para passear em um lugar perto com a família, antes conversei com ela tentei usar em casa, mais sem sucesso, colocar ela na cadeirinha foi muito difícil pois ela se debatia muito.Bebê na cadeirinha eu fiquei ao lado tentando conversar mostrando meu cinto e o choro continuava, bala, doce,brinquedo, até cantei nada resolvia, respirei fundo, mantinha a calma.Ela tentava sai com os bracinho e eu do lado conversando e segurando pra ela não se machucar,pois ela usava muita força, pior de tudo é que tanta coisa passa na sua cabeça, como,” ela não vai mais gostar de mim”, “eu to sendo má com minha filha”,” eu não aguento vou ceder”, “o que faço”.Respiro fundo novamente conversando sempre, peço para parar o carro mantenho ela na cadeirinha e espero que todos saíam e converso com ela novamente, ela respira e aparentemente parece que vai fica quieta, ilusão minha, o choro recomeça mais dessa vez sem se debater, todos voltam para o carro e voltamos para a casa.No dia seguinte, novamente o choro já pouco e pouca resistência, terceiro dia quase nenhum choro hoje:
-Mamãe cadeirinha, passear.
CADEIRINHA-DE-CARRO
cadeira de carro

Cadeirinha de Carro- Meu Filho Não Quer Usar

A mamãe morre de amor,então meninas por mais difícil que seja, sempre faça o certo para com seu filho, se for preciso parar por fome ou fralda suja, procure o lugar mais perto e seguro para parar o automóvel, mas não tire seu filho da cadeirinha com o carro andando, mantenha a paciência, porque uns poucos minutos não vão fazer tanta diferença assim e você estará protegendo o bem-estar da pessoa mais preciosa.Ficar preso a um cinto dentro do carro tem que virar um hábito de segurança para o resto da vida e para todo mundo.
Tabelinha de uso:0 a 1 ano: bebê-conforto ou poltrona virada para trás 1 a 4 anos: poltrona virada para a frente do carro 4 a 7 anos e meio: booster preso no cinto de três pontos do carro.

Algumas dicas de seguranças para o uso da cadeirinha

A instalação da cadeirinha, nem frouxa e nem mal instalada olhe no manual como fazer;
Coloque a Cadeirinha do lado certo ;
Do tamanho certo nem mais nem menos,o bebê tem que ficar confortável na medida certa na cadeirinha.
O cinto tem que fica justo mesmo, não fique com medo se ele não vai poder se mexer tem que caber um dedo seu;
Mesmo indo a um lugar perto use sempre;Só tirar o pequeno da cadeirinha quando o carro parar;Espero ter ajudado lindo dia bjs


Compartilhe este post
Pin It
Olá meus amigos, estarei contando hoje como está sendo o desfralde  da Gabi, bom desde a última postagem sobre, estamos tentando, tivemos alguns progressos mais nada tão significativo,  já deixava ela de calcinha então continuo, há duas semanas atrás ela quando fazia xixi sai gritando e pisando o xixi “xixi mamãe, xixi papai” mais não sentava no Penico e nem ia para o vaso, a maneira agora mudou antes de fazer xixi ela fala xixi mamãe tira a calcinha, mais não quer senta no vaso nem no penico e notei também que  como ela não sabe identificar nem o número um nem o dois ela quer fazer cocô e fala que é xixi e começa a se apertar, então manter a paciência é fundamental, notei também que todas as vezes que ela faz xixi quer se livrar da fralda logo.

Começando o desfralde como saber que a criança está pronta?

 

*Fica com a fralda seca por períodos mais longos, durante o dia.

*Reclama de fraldas molhadas ou sujas.

*Mostra curiosidade ou interesse pelo vaso sanitário ou em usar cuecas ou calcinhas.

*Entende e obedece a “ordens” simples.

*É capaz de abaixar as calças ou shorts

 

*Avisa, com palavras, gestos ou expressões corporais que está com vontade de fazer cocô ou xixi.

 photo Desfralde_bonequinha_zps6lrajr0n.jpg

Esses foram os pontos que abordei para iniciar o desfralde aqui em casa. Então dei inicio ao desfralde como falei anteriormente comprando os kits calcinha, penico se preferir o adaptador, algumas atitudes que venho tendo é quando ela faz cocô na fralda eu jogo no vaso, quando ela faz xixi no chão eu falo “- Gabi no penico filha no chão não.”  Sempre a levo aos banheiro junto comigo ou melhor ela sempre vai,  fato rs já comprei o banquinho pra caso ela queira usar o vaso para não ficar com os pés no ar o penico fica no banheiro, sempre mantenho o senso de humor e a paciência, tento colocar ela várias vezes ao dia sentadinha no penico e fico ao lado conversando para descontrai.

Se perceber que esse treinamento está sendo completamente insatisfatório e/ou que a criança resiste ou demonstra irritação, não hesite em interrompê-lo e esperar uns meses para recomeçar.

Divirtam-se!

 


Compartilhe este post
Pin It