A importância de Amamentação o seu bebê
.
Tão importante quanto engravidar da maneira saudável e manter a gravidez de maneira saudável, é amamentar de forma correta!

amamentação

A importância da amamentação

Muitas mães ainda tem dúvidas quanto a técnica correta, tabus, tempo adequado e importância da amamentação!
Hoje, você vai tirar todas suas dúvidas aqui no blog Mamãe de duas, junto com Dr. Bruno Jacob, a respeito de tudo, e mais um pouco, sobre o aleitamento materno!
.
A OMS preconiza que os profissionais da saúde passem informações valiosas para as pacientes a respeito do aleitamento, assim como os benefícios do leite materno, vamos ver quais são?:

-Alimento completo: atende todas as necessidades de nutrientes até os 6 meses

-Fácil digestão: Evita cólicas nos nenes.

-Reforça imunidade: Fortalece sistema imunológico, previna alergias, obesidade e intolerância ao glúten.

-Fortalece vínculo mãe e filho

-Dentinhos saudáveis: a sucção ajuda no desenvolvimento da arcada dentária no nene.

-Puerpério: Evita o sangramento excessivo no pós-parto.

-Pratico, grátis e natural.

-Previne asma, artrite e doenças do trato gastrointestinal.

-Bem estar: Amamentar libera na mãe o “hormônio do amor”

-Previne anemia

Outra informação importante, que deve ser passada às mães, é a técnica correta do aleitamento. Existe toda uma maneira certa na hora de amamentar, isso inclui fatores tanto da mãe quanto do bebê e as mulheres devem estar atentas a tudo isso! Vamos à elas:

Posicionamento do bebê:
– Rosto do bebê de frente para a mama
– Nariz encostado no mamilo
– Cabeça e tronco alinhados
– Corpo do bebê próximo ao da mãe
– Pescoço do bebê levemente extendido
– Corpo do bebê bem apoiado pelas mãos da mãe

Agora veja como deve ser a “pega” do seu bebê:
-Boca bem aberta pegando todo mamilo
-Lábio inferior evertido
-Queixo tocando a mama
-Movimentos de deglutição visíveis

Fique atenta para sinais de “pega” incorreta.
-Bochechas encovadas
-Ruídos de lingua
-Dor na amamentação
-Mama esticada ou deformada.

Agora que você sabe os benefícios de amamentar e como amamentar, você não tem mais dúvidas certo? ERRADO!!!!
Ok! Então vamos ver a seguir as dúvidas mais frequentes que surgem no consultório a respeito do aleitamento materno!

1. É verdade que algumas mamães tem pouco leite?
Ter pouco leite é um mito comum. Na maioria dos casos a pouca produção de leite está relacionada a erro da técnica ou baixa frequência das mamadas. Afinal, a estimulação da sucção do bebê no mamilo é responsável por produzir a prolactina, logo, quanto mais você oferecer o peito ao seu filho, mais leite produzirá

2. Dr. estou achando que meu leite é fraco?
Outro mito. O aspecto translúcido do leite no início da mamada pode ser interpretado como ausência de substâncias nutritivas se comparado com o aspecto do leite de vaca. Mas isso não é verdade. O aleitamento materno exclusivo garante o desenvolvimento adequado para o bebê.

3. Dr. devo dar um ou os dois peitos?
O ideal é oferecer um peito ao nenê e esperar que ele mame todo leite armazenado, em seguida oferecer o outro peito. O leite do final da mamada é mais consistente e possui nutrientes que o leite inicial não oferece.

4. Os remédios que eu tomo vão passar para o bebê no leite?
Nem todos. A OMS possui uma classificação de medicações permitidas e contraindicadas durante o período de amamentação

Se ainda tiver dúvidas converse com seu médico ou mande um email para drbruno@consultoriojacob.com que ela pode aparecer aqui no blog ser mãe!
.
Por Dr. Bruno Jacob

Instagram: @drbrunojacob
www.facebook.com/drbrunojacob

PLACA