Um dos maiores erros que já cometi, sendo Mãe é não ter vivido cada momento com minhas filhas, muitas vezes tinha pressa para fazer as coisas seja pelo corre, corre da vida ou simplesmente por querer ter a tarefa feita, como dar banho, jantar, ler, colocar pra dormir, queria ter apreciado  o processo de fazer um pouco mais e o terminar o pouco menos.
Tenho cometido sim esse erro em minha vida constantemente, não é que eu não queira terminar as coisas, pois gosto de chegar na hora do almoço e ter a comida pronta, gosto de bater minha meta do dia, riscar da minha lista o que fiz e saber que tudo está em ordem, qual a mãe não gosta de chegar ao fim do dia e ter a sensação que conseguiu fazer o que tinha em mente.

Mas talvez o mais importante esteja no “fazer”e não no terminar

Por exemplo eu leio para minhas meninas e não quero logo terminar o livro e sim, apreciar a leitura, saber que elas estão gostando  e aprendendo. Quando vamos tomar um curso o importante é aprender, apreciar aquele momento único e não apenas chegar ao fim do curso.
Como mãe eu preciso aplicar isso em minha vida que o fazer também é proveitoso, sentir o baby em meus braços, senti um beijo de filho, se divertir na hora do banho, mas isso ser sempre ser o habitual e não de vez em quando, isso tudo vai passar e acabar, tudo vem passando tão depressa que já estamos quase no meio do ano, parar e respirar, não é preciso é fundamental.
Ser mãe é uma jornada sem fim, que quando pensamos que já aprendemos tudo, no fim ainda não sabemos de quase nada.
“O ontem é apenas um sonho, amanhã, mais uma visão. Mas o hoje bem vivido faz de cada ontem um sonho de felicidade e cada amanhã uma visão de esperança. Olhe bem, portanto, para este dia.” citação do poeta Sanscrit
Mãe

 

Linda Terça bjs Nanda