Ansiedade Dicas para controlar Esse MalAnsiedade

A ansiedade é um problema que muitas pessoas sofrem, eu mesma já fui muito ansiosa e trabalhei isso, tirando  de foco o que me causava ansiedade, um caso aonde ela toma conta do corpo e da mente é quando temos que enfrentar um desafio. Inúmeros hormônios começam a agir, o coração acelera, a transpiração aumenta e até uma súbita dor de barriga aparece, “Quando fui fazer a prova para tirar minha carteira de motorista senti uma dor de barriga súbita”. Essas sensações não podem se acumular demais no corpo, pode extravasar de formas não tão agradáveis. “Algumas pessoas choram, outras gritam e outras ainda partem para a briga, alguns podem ainda adoecer e podem até entrar em depressão” conta os psicólogos.

Certamente não é possível prever os fatos nem ter garantia de que tudo sairá exatamente do jeito que você planejou.  Tenha em mente que passar horas e horas ansioso não trará diferença alguma no resultado. Portanto, procure não dar espaço na sua mente a pensamentos como: “talvez eu encontre uma solução”, “não quero ser surpreendido”, “não quero esquecer alguma coisa”, entre outros. Essas preocupações apenas impedirão que você aproveite as coisas boas que tem no momento presente.ansiedade2

Dicas para reduzir a ansiedade

A hora de dormir é aonde os pensamentos surgem, faça uma anotação em um bloquinho de forma que você leia e reflita;

Faça exercícios físicos, pois eles liberam serotonina, o que dá a sensação de prazer;

 Relaxe de verdade pois vai liberar toda a tensão gerada e vai regular o nível de hormônio ;

Se for possível evite ficar sozinha, claro que é importante que a pessoa fique sozinha e aprenda a lidar com essa situação, mas ficar muito tempo sozinho pode fazer você ficar pensando no assunto que te trás ansiedade. Quanto mais você tiver apoio de outras pessoas, menos se sentirá vulnerável;

Consuma alimentos que combatem a ansiedade como laranjas, banana, e derivados do leite, chocolate ajuda e muito;ansiedade3

Para evitar que a ansiedade não chegue ao ponto de virar um transtorno mais sério, procure marcar uma consulta com um psicólogo e adote alguns cuidados indicados por esses especialistas.